Treinador diz que seu time está em fase de transição e que "derrota para o Avaí jamais será esquecida"

Com a vitória por 1 a 0 sobre o Figueirense na noite de sábado , o São Paulo quebrou um tabu que carregava há quase dez anos. Desde 2002 o time não começava um Campeonato Brasileiro com duas vitórias. Mas mesmo com o aproveitamento de 100% e a liderança da competição dividida com Atlético-MG , Corinthians e Vasco , Paulo César Carpegiani espera uma evolução de sua equipe nas próximas semanas.

Siga o iG São Paulo no Twitter e receba todas as informações do seu time em tempo real

“Estamos igual à grande maioria dos times. Estamos nessa fase de transição e vamos reconquistar a torcida ganhando os jogos e disputando as primeiras posições. [Contra o Figueirense] fizemos uma partida honesta, aceitável, e fomos coroados com a vitória. Mas precisamos melhorar o nosso rendimento sim”, afirmou.

Nesse processo de transição citado por Carpegiani, alguns jogadores experientes já foram dispensados pelo São Paulo, como Fernandão , Cleber Santana , Júnior César e Alex Silva . Por outro lado, os garotos revelados pelas categorias de base do clube em Cotia seguem ganhando cada vez mais espaço.

Na vitória de sábado, além de Lucas , Casemiro e Wellington , que começaram o jogo como titulares, o treinador também promoveu a estreia do lateral esquerdo Henrique Miranda , que substituiu Juan no segundo tempo e teve atuação que agradou muito ao treinador.

“É uma fase de transição e é muito difícil a recuperação depois de uma chaga que está aberta, que foi a derrota para o Avaí. Foi uma derrota que nunca vai ser esquecida. Agora precisamos dar tranqüilidade para a garotada mostrar o seu valor”, disse.

null

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.