Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Carpegiani muda discurso e não defende mais Richarlyson

O jogador tem que ter autocontrole. Ele foi merecedor de expulsão, afirmou o treinador. Segundo súmula, atleta xingou o árbitro Heber Roberto Lopes

Gazeta Esportiva |

A terceira expulsão de Richarlyson no Campeonato Brasileiro deve complicar seu futuro no São Paulo. O técnico Paulo César Carpegiani se mostrou incomodado com o cartão vermelho recebido pelo meio-campista na partida contra o Fluminense e não defende mais publicamente a renovação do contrato do jogador.

"Não foi falta na jogada, mas o jogador tem que ter autocontrole. O que ele disse foi merecedor de expulsão. Mas é coisa interna. Vou tomar uma decisão com a diretoria e futuramente vocês (jornalistas) vão saber", afirmou o treinador, que lamentou a exclusão de Richarlyson pouco depois do vermelho a Xandão.

"Foi uma expulsão diferente, porque, quando estávamos com dez jogadores, coloquei o Renato Silva para fazer três zagueiros atrás, com Alex Silva e Richarlyson. Eu formaria no 3-4-2 e teria como igualar o jogo, mas não tivemos nem tempo. Quando olhei, ele tinha sido expulso e isso descaracterizou nosso time. Os gols foram consequências dessa expulsão", lamentou.

Com dois a menos em campo, o São Paulo perdeu por 4 a 1 para o Fluminense. Richarlyson tem contrato apenas até dezembro e sua permanência era defendida publicamente pelo treinador. Mas Carpegiani não fala mais com tanto entusiasmo do atleta e até dá um conselho para a sequência da carreira.

"Independentemente se ele vai ter continuidade no São Paulo ou não, eu tenho falado para ele ter cuidado com sua carreira, pois é um jogador muito marcado. Quando chega a uma situação como essa, os árbitros conversam e falam. Isso é muito ruim para a carreira de um profissional", completou.

Richarlyson foi expulso neste Brasileirão contra Santos, Avaí e Fluminense, além de ter recebido o vermelho também diante do Universitario, pela Copa Libertadores. Com futuro incerto no São Paulo, o volante já tem propostas oficiais de Fluminense e Botafogo, segundo informou seu empresário, Júlio Fressato.

No time das Laranjeiras, o meio-campista poderia reencontrar Muricy Ramalho, com quem trabalhou e fez sucesso no São Paulo. O técnico, inclusive, é fã declarado do jogador.

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG