Tamanho do texto

Apesar de valorizar jogadores que estão atuando, técnico destaca importância do camisa 12 para o São Paulo

nullEm busca da sétima vitória em nove partidas e da manutenção da liderança do Campeonato Paulista, o São Paulo enfrenta o Grêmio Prudente no próximo domingo e o técnico Paulo César Carpegiani não contará com sua dupla de ataque titular. Além de Dagoberto , suspenso por três cartões amarelos, Fernandinho segue fora, ainda se recuperando de contusão na panturrilha esquerda .

Carpegiani, claro, adota o discurso de valorização dos reservas que entrarão no lugar do titulares. Contra o Prudente, a dupla de frente será formada por Marlos, que ocupará o lugar de Dagoberto e Willian José, que já atuou como titular nas últimas três partidas no lugar de Fernandinho. E apesar das vitórias, o treinador mostrou que não vê a hora de voltar a contar com o camisa 12.

“É imensa a dificuldade à medida que eu não tenho um jogador que considero fundamental, que é o Fernandinho. É um jogador que me soluciona o lado esquerdo. Não tendo esse jogador, realmente sinto enorme dificuldade de compor a equipe taticamente. Já estou me programando em função dele, um jogador que me agrada muito e hoje considero imprescindível”, afirmou o treinador na coletiva desta sexta-feira.

O desabafo, curiosamente, veio poucos instantes depois de Carpegiani falar sobre a importância de valorizar seu elenco. “Não lamento ausência desse ou daquele. Tenho alguns jogadores importantes fora, mas temos que valorizar quem está entrando. Vamos tentar nos impor e mostrar em campo que temos banco, temos elenco e capacidade de suprir”, disse.

Sobre Marlos, a principal novidade do São Paulo em relação às últimas rodadas, Carpegiani voltou a falar que gosta do futebol do atacante, “um jogador que dá um desequilíbrio técnico, na jogada pessoal, que em um lance pode decidir o jogo”, na descrição do treinador. E explicou que seu atual status de reserva é por conta do excesso de boas opções no grupo.

“Falta para ele jogar, atuar em sequência. É um briga incessante pela posição e muitas vezes você dá prioridade a outro jogador e o Marlos fica em segundo plano. Ele tem essas qualidades e eu valorizo isso. A regularidade ele não tem, mas é devido ao grande número de bons jogadores que nós temos”, explicou.

Com a dupla de ataque titular fora, Marlos terá chance ao lado de Willian José
AE
Com a dupla de ataque titular fora, Marlos terá chance ao lado de Willian José