Treinador revelou encontrar jogador que ¿atende as carências¿ na equipe juvenil de Cotia e relembrou histórico de revelar bons jogadores

Há algumas rodadas o São Paulo já deixou de sonhar com o título do Campeonato Brasileiro e hoje até a vaga na Copa Libertadores dependeria quase de um milagre. Mesmo assim, contudo, o técnico Paulo César Carpegiani vem demonstrando ser o comandante ideal para o time no momento, especialmente no que diz respeito à política da diretoria do clube de valorizar as categorias de base.

Desde que chegou ao time, há oito rodadas, Carpegiani seguiu dando chance a jogadores que ganharam as primeiras oportunidades com o interino Sérgio Baresi, como Lucas, Casemiro e Zé Vitor. Ainda deu as primeiras chances para Lucas Gaúcho, que marcou pela primeira vez como profissional no último domingo, contra o Vasco. E agora já diz ter encontrado um novo talento nas categorias de base.

Na quinta-feira, o treinador visitou o CFA (Centro de Formação de Atletas) do São Paulo em Cotia e observou atletas das equipes juvenil, júnior e Super-20 (o time de atletas que já passaram da idade para atuar na base, mas estão sem contratos com times profissionais) e ficou impressionado especialmente com os mais novos.

Você geralmente encontra no sub-20 ou sub-23 jogadores mais preparados, mas notei que o juvenil tem jogadores muito interessantes. Gostei de um ou outro, mas tem que dar desconto porque são atletas em fase de crescimento. Tem muitos bons jogadores e um que não é o melhor, mas atende a carências nossas e tem o biotipo que eu gosto, é rápido, inteligente. Vou dar uma atenção especial, disse o treinador.

Carpegiani não revelou quem foi esse garoto que se destacou a ponto de chamar sua atenção. Mas mostrou empolgação com a possibilidade de trazer para o time profissional novas revelações, e relembrou outras vezes que já fez o mesmo em outros clubes.

É uma atitude que eu sempre tenho, de observar a garotada da base. Coincidentemente o São Paulo tem uma atenção muito grande com isso. Mas eu gosto, na minha carreira já lancei muitos jogadores, como o Alex [hoje no Fenerbahçe] no Coritiba, o Adriano, que ainda era Juvenil no Flamengo, recordou.

Em 2011, a maioria das novidades no elenco profissional do São Paulo devem ser jogadores vindos da base, como o garoto misterioso, que teria condições de ocupar uma das posições consideradas carentes na equipe. Segundo Carpegiani, contratações de jogadores experientes só acontecerão em casos de reforços excelentes, que cheguem para serem titulares absolutos.

    Leia tudo sobre: futebol
    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.