Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Carpegiani avaliará base são-paulina em busca de revelações

Treinador irá analisar equipes júnior e juvenil do São Paulo que treinam em Cotia e diz que pouca idade não impedirá promoção de atletas para o profissional

Levi Guimarães, iG São Paulo |

O discurso da diretoria são-paulina de apostar nos atletas vindos das categorias de base na próxima temporada já ganhou o apoio de Paulo César Carpegiani. Na manhã desta terça-feira, o atual treinador do clube do Morumbi confirmou que vai começar a analisar os atletas que treinam no CFA (Centro de Formação de Atletas) de Cotia em busca de possíveis novas revelações que possam ser aproveitadas no time principal.

O primeiro encontro de Carpegiani com esse grupo de jogadores, na verdade, estava marcado para esta terça. O treinador observaria os times júnior e juvenil no período da tarde, enquanto os profissionais ficariam no Reffis. Devido à chuva que caiu sobre a capital paulista, no entanto, a atividade no Reffis foi realizada de manhã e o treino com bola ficou para a tarde, adiando a observação dos garotos.

Gosto de lançar meninos, ao longo da minha carreira me caracterizo por isso e fico orgulhoso de revelar jogadores. E o ideal é você fazer jogador no clube, não ter que contratar de fora. A não ser no caso daqueles times europeus que têm condições financeiras para isso, disse Carpegiani.

Embora já tenha identificado as posições mais carentes do elenco do São Paulo para 2011, o treinador prefere não revelar quais são. Mas admite que um dos objetivos da observação dos atletas da base é encontrar soluções para que, na próxima temporada, o time tenha menos problemas por ter de improvisar jogadores quando algum titular estiver fora por lesão ou suspensão.

O São Paulo é um time muito grande para improvisar. Não gosto de começar um jogo com jogador improvisado, talvez preciser fazer isso no meio do jogo, no máximo. E a base tem que ser valorizada. Se tiverem condições as oportunidades serão dadas para a meninada, afirmou.

Em 2010, a principal revelação são-paulina foi o meia Lucas, que estreou como profissional em julho e rapidamente se tornou titular absoluto. Os volantes Casemiro e Zé Vitor e o lateral-esquerdo Diogo também já tiveram oportunidades, assim como o atacante Lucas Gaúcho, que entrou no time pela segunda vez no último domingo, contra o Vasco, e marcou o gol do empate por 1 a 1. O goleiro Richard e o zagueiro Bruno Uvini, mais dois que participaram do título da Copa São Paulo, em janeiro, também já treinam entre os profissionais.

Leia tudo sobre: campeonato brasileirofutebolsão paulo

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG