Lateral do Flu quer deixar o primeiro semestre para trás e afirma que passou da hora de o time reagir

Atual campeão brasileiro, o Fluminense começou 2011 com um elenco reforçado e objetivos audaciosos para a temporada. Mas as coisas não saíram como o planejado, o clube mergulhou numa crise política e viu a Libertadores e o Campeonato Carioca escorrerem pelos pés.

A chegada do técnico Abel Braga acalmou os ânimos e transformou o ambiente nas Laranjeiras, porém, os resultados dentro de campo continuam decepcionantes. Para o lateral-esquerdo Carlinhos , é hora de esquecer de uma vez os problemas e focar apenas na recuperação no Campeonato Brasileiro.

“Nosso início de ano não foi bom e aconteceram muitos problemas que nos prejudicaram, me eu prefiro não falar nisso. Temos que passar uma borracha no que passou, erguer a cabeça e pensar adiante para escrever uma nova história no Campeonato Brasileiro”, disse o lateral-esquerdo.

Siga o iG Fluminense no Twitter e receba todas as informações do seu time em tempo real

Apenas na décima-segunda colocação, com 12 pontos, 13 a menos do que o líder Corinthians , Carlinhos ainda acredita no título, aposta na volta de Fred da Seleção para reagir no Campeonato Brasileiro, mas faz um alerta.

“O Fred com certeza acompanhou tudo o que estava acontecendo aqui e volta motivado por causa da Seleção Brasileira. Ele é um jogador diferenciado e vai nos ajudar muito. Mas se não reagirmos agora vai ser complicado para pegar os times da parte de cima da tabela”, afirmou.

“Entre para a Torcida Virtual do Fluminense e convide seus amigos”

De olho nas vitórias e, consequentemente, na recuperação da equipe no Brasileirão, Carlinhos parece não se importar com o fato de o time não está dando espetáculos como no ano passado. No fundo, o que tem incomodado o lateral é a falta das vitórias.

“Não adianta apenas jogar bem e não conseguir as vitórias. O mais importante é voltar a vencer. De alguma forma temos que somar pontos para alcançar a parte de cima da tabela”, explicou Carlinhos, que preferiu não opinar sobre as possíveis contratações de Rafael Sobis e Martinuccio para reforçar o ataque.

“As pessoas que estão contratando devem achar que nosso problema é o ataque. Temos atacantes que nos ajudaram muito na conquista do ano passado e que continuam aqui. O Fluminense vai com o que tem, mas aqui sempre existem boatos de que o clube precisa de reforços em todas as posições”, lamentou.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.