Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Capello fala em "mal-entendido" na Inglaterra e diz que quer relaxar

Treinador italiano falou pela primeira vez desde que pediu demissão da seleção inglesa e não pretende trabalhar no seu país agora

Mário André Monteiro, iG São Paulo |

A FA (Associação Inglesa de Futebol) já havia confirmado que a demissão de Fabio Capello do comando da seleção aconteceu porque o técnico não concordou com a retirada da faixa de capitão de John Terry. A punição ao defensor do Chelsea aconteceu porque ele teria preferido ofensas racistas a Anton Ferdinand, do Queens Park Ranges, durante partida do Campeonato Inglês.

E MAIS:  Inglaterra confirma interino para o lugar de Fabio Capello

AFP
Capello não é mais técnico da Inglaterra
"Eu discordo completamente com a FA sobre a decisão de tirar a faixa de capitão de John Terry e comuniquei isso ao Bernstein (presidente da entidade)", afirmou Capello à "RAI", antes de pedir demissão. "Disse que não acho que alguém pode ser punido antes de uma decisão oficial. Considerava, e ainda considero, Terry como capitão. Precisamos antes aguardar a conclusão do julgamento", avaliou.

Nesta sexta, porém, em entrevista concedida ao programa "Striscia la Notizia", da TV italiana, Capello falou pela primeira vez depois que deixou o comando da seleção inglesa e preferiu não polemizar sobre o assunto Terry. "Eu não fugi. Saí porque houve um equívoco, um mal-entendido. Eu me sentia bem lá, mas às vezes você decide ir embora", disse o treinador.

LEIA TAMBÉM:  Redknapp é o favorito para ser o novo treinador da seleção inglesa

De volta à Itália, Capello é frequentemente colocado como possível futuro treinador da Inter de MIlão, mas o comandante avisou que não pretende trabalhar no futebol do seu país no momento. "Na Itália não vou trabalhar. Agora o que eu quero mesmo é relaxar", completou.

A seleção inglesa já definiu quem assumirá seu comando interinamente. Stuart Pearce, técnico da seleção olímpica da Grã-Bretanha, foi anunciado como novo treinador da Inglaterra, enquanto um nome definitivo não é definido. Pearce não deverá permanecer para a disputa da Eurocopa, que começará em cerca de quatro meses, mas estará no comando da Inglaterra no amistoso diante da Holanda, no próximo dia 29 de fevereiro.

Leia tudo sobre: Fabio CapelloItáliaInglaterraFutebol MundialJohn Terry

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG