Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Cansado, Tite pede para que diretores falem sobre Adriano

Treinador corintiano se esquiva sobre o "Imperador" e solicita que diretores mostrem a cara

Bruno Winckler, iG São Paulo |

O técnico Tite concedeu entrevista coletiva nesta sexta-feira, no CT do Parque Ecológico, para mais uma vez, como em outras aentrevistas, se esquivar do assunto Adriano no Corinthians. E ele não quer mais ser ele a pessoa a dar a "cara a tapa". "Sobrou para o marmitão. Queria que alguém (da diretoria) viesse aqui para falar. Eu me sinto desconfortável ao falar sobre isso", disse Tite, ao ser perguntado se Adriano está ou não contratado.

O Corinthians já tem um contrato acertado com Adriano, mas não houve ainda uma assinatura final dos termos. Por esse motivo, tanto Tite, como os diretores ainda pisam em ovos para tratar do assunto.

"Não me coloquem em saia justa. Não gosto de ser pontuado de que faltei com a verdade. Não me coloquem nessa situação, Não quero falar. Não é que eu seja político, é só uma posição clara. Quando ele estiver aqui eu respondo, se estiver treinando bem, eu respondo, se não estiver, eu respondo. É uma situação que não é minha para falar", disse Tite.

Na quinta-feira, em entrevista exclusiva ao iG, Tite disse, ainda demonstrando certa resistência, que aceita Adriano se ele estiver realmente comprometido com o Corinthians.

Por telefone, Duílio Monteiro Alves, diretor adjunto do clube, disse ao iG que "não há nada certo com Adriano". Edu Gaspar, gerente de futebol, afirmou que está tudo certo com o jogador, mas a assinatura do contrato ainda não foi feita.

Leia tudo sobre: corinthiansadrianotitemercado da bola

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG