Diretor-geral da candidatura dos dois países, porém, afirmou que é muito cedo para se sentirem vencedores

O diretor-geral da candidatura da Espanha e Portugal para sediar a Copa do Mundo de 2018, Miguel Ángel López, disse nesta quarta-feira à Agência Efe que estão "muito satisfeitos" com o relatório técnico publicado pela Fifa e reiterou que, em matéria de segurança, "não se deve duvidar de Espanha e Portugal".

López, que destacou o estado avançado das infraestruturas, afirmou que este foi o aspecto mais valorizado pela Comissão de Avaliação da Fifa. O diretor-geral da candidatura dos dois países, porém, afirmou que é muito cedo para se sentirem vencedores e explicou: "ainda há aspectos do projeto que devem ser melhorados".

Os dois países estão competindo com Inglaterra, Rússia e com a candidatura conjunta de Bélgica e Holanda para sediar o Mundial de 2018.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.