Conselho Deliberativo condecorou os atletas do clube com a mais alta honraria concedida pela agremiação

Campeões da Copa Libertadores da América deste ano, os jogadores do Santos foram homenageados pelo Conselho Deliberativo do clube, na noite desta segunda-feira, no salão nobre localizado na Vila Belmiro. O elenco santista foi condecorado com a ordem do Mérito Peixeiro, a mais alta honraria concedida pela agremiação.

Santos é o nono lugar do Campeonato Brasileiro. Veja as fotos

Todos os atletas do elenco alvinegro que ainda permanecem no time após a conquista da Libertadores - Jonathan, Alex Sandro, Charles, Róbson, Richely, Zé Eduardo e Keirrison já deixaram o Santos - estiveram presentes, inclusive o astro da equipe, o atacante Neymar.

A joia e o meia Paulo Henrique Ganso, com o apoio do lateral esquerdo Léo, quebraram o protocolo a sugerir a presença do capitão Edu Dracena como representante do grupo na mesa do Conselho. Ex-jogadores da época de ouro do clube, como Geraldino e Mengálvio, também fizeram parte da mesa na sessão extraordinária do Conselho Deliberativo do Santos.

O técnico Muricy Ramalho, também presente a mesa, agradeceu a homenagem. "Eu fico muito feliz por esse reconhecimento. Muitos amigos me perguntavam qual dia eu iria dirigir o Santos e, finalmente, desta vez aconteceu.

Leia também: Muricy diz que vai esperar eleição para renovar com o Santos

Tive a honra e a oportunidade de comandar esse grupo em um título importantíssimo para a história do clube. Trabalhamos duro para isso e queremos conquistar ainda mais (Mundial de Clubes da Fifa). Espero permanecer durante muito tempo aqui", discursou.

O capitão Dracena também agradeceu, em nome do elenco, a honraria recebida por todos os jogadores. "Sabíamos o quanto esse título era importante para a torcida e, graças à união de todos no grupo, conseguimos ganhar a Libertadores. Ficamos marcados na história do clube. Isso é motivo de grande satisfação para a gente", concluiu.

Após a solenidade, que contou com diversas brincadeiras entre os próprios atletas, conselheiros e seus familiares assediaram Muricy e integrantes da equipe, tirando fotos e conseguindo autógrafos de seus ídolos.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.