Atacante argentino afirmou que distância das filhas pode motivá-lo a deixar o clube na próxima temporada

Getty Images
Atacante quer ficar mais próximo das filhas, que moram na Argentina
Após conquistar a Copa da Inglaterra neste sábado , o atacante argentino Carlos Tévez , do Manchester City , disse que ainda não decidiu qual time quer defender na próxima temporada, mas admitiu que é pouco provável que permaneça na Inglaterra.

"É difícil ficar longe das minhas filhas. Vou pensar no que é melhor pra mim", comentou o jogador.

Tévez, porém, descartou qualquer problema com o clube ou com o técnico Roberto Mancini. "Estou muito bem, muito tranquilo, mas também quero deixar claro que não tenho nenhum problema com a direção, nem com Roberto Mancini", explicou Tévez.

"Se ficar no City, eu sei que terei que aguentar (a distância das filhas) e isso será muito difícil. Essa é a grande verdade", admitiu o atacante e artilheiro da equipe, pai de duas meninas que atualmente moram na Argentina.

Tévez ainda elogiou as conquistas da equipe na temporada e reconheceu o bom momento do futebol de Manchester. "Tínhamos dois objetivos (nesta temporada): um era ganhar um título e outro era entrar na Liga dos Campeões. Alcançamos as duas coisas, portanto foi um ano fantástico", disse.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.