Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Cambalhota vive expectativa de voltar a jogar pelo Atlético-MG

Atacante se lesionou depois da primeira rodada do Brasileirão e já está em fase final de recuperação

Gazeta |

Flickr/Clube Atlético Mineiro
Marquinhos Cambalhota jogou apenas contra o Atlético-PR, na primeira rodada do Brasileirão
O atacante Marquinhos Cambalhota vive a expectativa de voltar a atuar com a camisa do Atlético-MG . O jogador realizou uma série de exames que apontaram, que o atleta está curado da lesão no músculo reto femoral da coxa direita, lesão sofrida em junho passado. Liberado pelo departamento médico, o jogador vem intensificando a preparação física antes de voltar a treinar com bola. Ele espera estar à disposição do técnico Cuca em até duas semanas.

Siga o Twitter do iG Atlético-MG e receba notícias do time em tempo real

"A recuperação aconteceu dentro do esperado e graças a Deus estou clinicamente curado. Agradeço a todos os médicos e fisioterapeutas do Atlético-MG, que são muito competentes e fizeram um ótimo trabalho. Agora vou intensificar a preparação física e me esforçar para estar à disposição do Cuca o mais rápido possível", disse.

Entre para a Torcida Virtual do Atlético-MG e chame seus amigos

O jogador não esconde que está incomodado com o fato de ter ficado tanto tempo sem atuar. Marquinhos Cambalhota lembra que essa foi uma situação atípica em sua carreira e disse que é questão de honra para ele retribuir a confiança da diretoria em seu futebol. Até agora, o atacante só teve oportunidade de jogar uma partida com a camisa do Atlético-MG.

"Dei o azar de me machucar logo depois que estreei. Nunca fui jogador de ficar muito tempo em departamento médico. Não tive como controlar isso. Foi um fato atípico na minha carreira, mas necessário pela gravidade do problema. Não consegui tudo o que construí no Japão à toa. Tenho certeza de que ainda vou ajudar muito o Atlético-MG", declarou.

O jogador garante que assim que tiver condições de jogo, vai fazer de tudo para ajudar a equipe alvinegra dentro de campo. "É só uma questão de oportunidades, algo que ainda não tive desde que cheguei. Tenho que ficar logo á disposição do Cuca e justificar em campo a confiança que a diretoria depositou no meu trabalho. Isso é uma questão de honra para mim", concluiu.

Leia tudo sobre: Atlético-MGBrasileirão 2011Marquinhos

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG