Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Calor dificultou a vitória do Botafogo, diz técnico Joel Santana

Treinador apontou o desgaste dos seus jogadores como um dos motivos pela difícil vitória sobre o Duque

Renan Rodrigues, iG Rio de Janeiro |

A partida entre Botafogo e Duque de Caxias começou às 17h, no estádio Engenhão. Mesmo assim, os termômetros marcavam cerca de 35°C durante boa parte do jogo. Para o técnico Joel Santana, o forte calor, aliado ao pouco tempo de preparação dos atletas, fez com que a partida, vencida de virada por 2 a 1, ficasse complicada. O Botafogo só chegou ao gol da vitória aos 37 minutos da segunda etapa, com gol do atacante Caio.

"Nosso maior adversário, hoje, foi o calor. É difícil começar com novos jogadores, com 15 dias de trabalho, sem tempo pra treinar. Jogamos muito bem os primeiros 13, 15 minutos, mas depois da parada técnica, o time teve um distúrbio e desconectou as peças. Jogadores começaram a esquecer suas funções em campo e resolver individualmente", analisou o treinador do Botafogo.

nullPara Joel Santana, a equipe deveria ter tocado mais a bola para evitar o desgaste. Apesar de destacar a forma errada da equipe se comportar, o treinador comemorou as mudanças e a vitória de virada.

"No momento era para nossos jogadores entenderem que não estavam tão bem fisicamente e tocar mais a bola. Mas com as mudanças, no segundo tempo foi um massacre. O que valeu, foi que nós fomos felizes nas mexidas e os jogadores fizeram aquilo que tinham que fazer. Esse começo é difícil, mas o grupo está num bom caminho", finalizou Joel Santana.

Com os primeiros três pontos conquistados no Grupo B, o Botafogo viaja até Macaé, onde enfrenta a equipe da Cabofriense no domingo, às 19h30, no estádio Cláudio Moacyr de Azevedo.

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG