Tamanho do texto

Treinador chega à cidade um dia antes do elenco. Preparador físico pede cuidado com atletas “europeus”

Mano Menezes chegou com pressa ao hotel que vai hospedar a delegação
Divulgação
Mano Menezes chegou com pressa ao hotel que vai hospedar a delegação
Mano Menezes chegou a Goiânia ao som de “até a pé nos iremos”. O treinador já está no hotel que hospeda a seleção brasileira antes do amistoso contra a Holanda, sábado (16h10). Sem dar entrevistas, foi homenageado pelo pianista que faz o entretenimento da recepção do hotel: entrou no saguão, na noite desta terça-feira, ao som do hino do Grêmio .

“Eu conheço ele. Com o Grêmio e com o Corinthians ele ficava aqui. É muito gente boa. Ficava aqui no restaurante conversando com a gente. É bom de papo...”, disse o pianista Cleiton Kolling, gaúcho que vive há15 anos em Goiás. E, claro, gremista.

     Os jogadores desembarcam em Goiânia nesta quarta-feira – têm que estar no Castro’s Park Hotel até o meio-dia. O policiamento prepara esquema especial para evitar tumulto no aeroporto, apesar de os jogadores chegarem em voos separados.

O pianista, torcedor do Grêmio, homenageou Mano
Paulo Passos
O pianista, torcedor do Grêmio, homenageou Mano
O único da comissão técnica a falar com os jornalistas foi o preparador físico Carlinhos Neves – além dele estavam o auxiliar Sidnei Lobo e o Rafael Vieira, analista de desempenho. “É importante esses dias que teremos de treino antes da Copa América. Os jogadores da Europa devem estar desgastados, estão em final de temporada, e precisam de cuidado”, disse Neves.

Depois do amistoso contra a Romênia, dia 7 de junho em São Paulo, o grupo confirmado para a Copa América será dispensado e se reapresenta dia 20 de junho, no Rio de Janeiro. O jogo contra a Romênia marcará a despedida de Ronaldo, que jogará poucos minutos ao final do primeiro tempo.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.