Técnico destaca 1º tempo alvinegro para um time que vinha de humilhante derrota de 5 a 0 para o Coritiba

O técnico do Botafogo , Caio Júnior, baseou-se nas estatísticas para acabar com o "chororô" rubro-negro de que o árbitro “operou” o Flamengo no empate em 1 a 1 entre as duas equipes , no Engenhão. De acordo com o treinador alvinegro, o time de General Severiano teve 17 finalizações e criou mais chances de gol do que o adversário.

Não bastasse o respaldo nos números, Caio destacou a volta por cima da equipe após a humilhante derrota de 5 a 0 para o Coritiba, semana passada."Fazer o primeiro tempo que fizemos vindo de um resultado daquele é de se orgulhar, por isso enalteço a atuação da equipe hoje", disse o treinador alvinegro, lamentando o empate.

Na opinião do técnico, o Botafogo foi superior ao Flamengo no primeiro tempo, deu espaço para o rival na segunda etapa, após o gol de Jael, mas se recuperou com a entrada de Everton e terminou a partida dominando o clássico. O resultado manteve o time em quarto lugar, com 41 pontos. Mesmo sem ter melhorado de posição, o treinador gostou do desfecho da rodada.

"Sempre que acaba o jogo, eu procuro olhar a situação atualizada da rodada. Na verdade, ganhamos um ponto em relação ao Corinthians - perdeu de 3 a 1 para o Santos. Agora temos um jogo difícil contra o Grêmio, fora, e depois aqui contra o São Paulo, que briga pelas primeiras posições com a gente. Será um confronto direto, mas o confronto direto passa a ser fundamental para chegar ao título".

null

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.