Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Caio Júnior comemora fim de trauma recente na Copa do Brasil

Botafogo havia sido eliminada na segunda rodada do torneio nos últimos dois anos, mas avançou em 2011

Renan Rodrigues, iG Rio de Janeiro |

Nos últimos dois anos, a Copa do Brasil era sinônimo de frustração para o torcedor botafoguense. Em 2009, eliminação para o Americano logo na segunda rodada do torneio. Um ano depois, mais uma derrota na mesma fase, desta vez para o Santa Cruz, de virada e dentro do estádio Engenhão. Por isso, a vitória por 3 a 0 sobre o Paraná, na última quarta-feira, também representou um alívio para jogadores e comissão técnica do Botafogo.

Para o técnico Caio Júnior, mais importante do que o bom futebol apresentado, foi a vitória e o fim do trauma da 'segunda rodada'. "Mais importante do que qualquer coisa neste momento, é saber que avançamos até as oitavas de final da Copa do Brasil. Nos últimos anos o Botafogo vinha se enroscando nessa fase e felizmente conseguimos encerrar esse tabu incômodo", declarou o treinador do Botafogo.

Com três mudanças no segundo tempo - saíram Bruno Tiago, Loco Abreu e Herrera, e entraram Lucas, Caio e Willian-, o Botafogo ganhou velocidade no contra-ataque. Para Caio Júnior, as alterações também serviram como observação para que ele conheça as opções do elenco.

"Uma equipe tem que ter opções no banco para acrescentar, então queria observar essas mudanças. Os três meninos que entraram, deram velocidade. Com a vantagem, com jogadores de velocidade você pode matar o jogo. Poderíamos ter matado até antes, naquela bola do Everton, mas o mais importante é que o torcedor está vendo que é uma equipe que está procurando jogar, que tem a posse de bola. Mas tem muita coisa pra melhorar ainda", disse Caio Júnior.

Leia tudo sobre: botafogocopa do brasil 2011

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG