Histórico entre o Botafogo e a equipe paulista aponta equilibrio. Nos últimos quatro jogos, só empates

Não é só a liderança isolada do Campeonato Brasileiro , ou mesmo o fato da equipe ainda estar invicta no torneio. Para o técnico Caio Júnior , o Corinthians , próximo adversário do Botafogo , será muito perigoso pois apresenta atualmente o melhor futebol do país. Por isso, o técnico espera repetir a consistência tática do oponente da próxima rodada na própria equipe. A partida será no domingo, dia 17, às 16h.

Siga o iG Botafogo no Twitter e receba todas as informações do seu time em tempo real

"O Corinthians está fazendo um grande campeonato, tem muitas opções no banco e é um time moderno, que marca e joga. Não é a toa que vínhamos introduzindo o 4-2-3-1, que é o sistema que eles vêm jogando. É uma referência positiva, o melhor time do Brasil atualmente", disse o treinador, que completou.

"A organização tática do time deles é muito grande. Quando todos entendem que é preciso ter função tática em campo, reunido com talento, a chance de ganhar uma partida é muito maior. Estou impressionado", elogiou o comandante do Botafogo.

Entre para a Torcida Virtual do Botafogo e convide seus amigos

Se para Caio Júnior, o duelo apresenta um alto grau de dificuldade, os números mostram que o confronto é marcado por muito equilíbrio. Nos últimos quatro jogos entre as equipes, quatro empates. Além disso, o histórico total do confronto em Campeonatos Brasileiros também segue igual, com 17 vitórias para cada time e 13 empates. A última vitória do Corinthians aconteceu no Brasileirão de 2007, quando levou a melhor por 3 a 2.

Para a partida, Caio Júnior terá o reforço do volante Renato , inscrito no BID (Boletim Informativo Diário) da CBF na noite da última terça-feira . O comandante já havia declarado que usará o jogador. Agora a expectativa fica por conta da regularização do volante Marcelo Mattos , que assinou novo contrato até 2016 e também deverá ser titular, caso esteja regularizado.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.