Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Caio Jr. tem pior aproveitamento que Joel no início de trabalho

Atual treinador do Botafogo conquistou 57% dos pontos disputados, contra 85% de Joel, ex-comandante

Renan Rodrigues, iG Rio de Janeiro |

Além dos resultados, a contratação do técnico Caio Júnior foi justificada pela diretoria do Botafogo pela necessidade da equipe alterar sua maneira de atuar, valorizando a posse de bola e o jogo ofensivo. A principal critica em relação ao trabalho do ex-técnico Joel Santana estava na maneira supostamente defensiva demais com que o time atuava. Após um mês no cargo, porém, os números ainda não justificam a mudança.

Siga o iG Botafogo no Twitter e receba todas as informações do seu time em tempo real

Nas primeiras sete partidas que disputou, Caio Júnior conquistou 57% dos pontos, com três vitórias, três empates e uma derrota. Porém, mais importante que o aproveitamento, os jogos acabaram se tornando decisivos para a eliminação da equipe da Copa do Brasil e do Campeonato Carioca. Joel Santana, que teria se oferecido para voltar ao comando do clube, caso o atacante Loco Abreu deixasse o Botafogo, teve um começo de trabalho superior, com seis vitórias e uma derrota, nas primeiras sete partidas. Aproveitamento de 85% dos pontos.

O aproveitamento de Caio Júnior também passa longe das piores estreias do Botafogo. O técnico Estevam Soares, por exemplo, antecessor de Joel Santana, teve cinco empates e duas derrotas em seu início de trabalho, quando assumiu a equipe no Campeonato Brasileiro de 2009, com um aproveitamento de apenas 23%.

Apesar de lamentar os primeiros resultados, Caio Júnior mostra confiança na diretoria para a chegada de reforços. Além disso, o treinador sabe que a mudança tática e de filosofia de trabalho levará um tempo até ser totalmente implantada.

"Um dos aspectos que mais gosto de trabalhar é a posse de bola. Vi melhora já no jogo contra o Avaí. Conseguimos acrescentar isso com posicionamento, vídeo, mesmo com poucos treinos. É o maior desafio. Queremos ter uma equipe que apresente um bom futebol para o torcedor, independentemente da vitória ou da derrota", completa.

Reforços
Na última terça-feira, o treinador Caio Júnior falou sobre a chegada de jogadores, principalmente meias ofensivos. Um dos nomes mais elogiados pelo técnico foi de Gilberto, antigo desejo do clube carioca. "É um jogador diferenciado, de muita qualidade. Vem jogando como lateral no Cruzeiro, mas é um atleta moderno, que pode ser um meia pelo lado esquerdo e tem passagem pela Seleção Brasileira. Seria um ótimo nome sim, vamos aguardar", disse o treinador.

Leia tudo sobre: botafogocampeonato brasileiro 2011

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG