Treinador do Botafogo tem o desfalque de Loco Abreu e Herrera e deve voltar ao esquema 4-2-3-1

Satiro Sodré/Divulgação AGIF
Caio Júnior não quis revelar o time que enfrenta o Atlético-MG
Mesmo com poucas opções para o ataque, o técnico Caio Júnior optou pelo mistério e não revelou a equipe que enfrenta o Atlético-MG neste sábado, às 18h, no Engenhão, pela 18ª rodada do Campeonato Brasileiro. O treinador do Botafogo comandou apenas um recreativo sem definição de titulares e reservas, além de uma atividade de bola parada. A expectativa é de que apenas o jovem Alex seja escalado no ataque.

Siga o iG Botafogo no Twitter e receba todas as informações do seu time em tempo real

"Não vou divulgar a equipe, acho que não há necessidade disso, até porque o adversário também mudou bastante nos últimos dois jogos. Parece que foram usados 24 jogadores nessas três últimas partidas e ainda não sabemos qual equipe vamos enfrentar. Quero ter segurança para isso e definir internamente quem vai para o jogo", disse o técnico Caio Júnior.

Entre para a Torcida Virtual do Botafogo e convide seus amigos

Sem Loco Abreu, lesionado, e Herrera, suspenso, o treinador pode escalar a equipe no 4-2-3-1, apenas com Alex de referência. Caso opte por escalar um atacante de ofício ao lado de Alex, as opções são Caio, Alexandre Oliveira e Willian. O técnico também explicou que com Loco Abreu e Herrera, o time não atua no 4-4-2, mas sim com três jogadores na armação.

"O sistema nunca mudou, às vezes o que muda é a característica do Herrera para o Elkeson ou Felipe Menezes, por exemplo. Em algumas partidas o time se adapta ao posicionamento do adversário durante o jogo, mas estamos mantendo a tática do começo do campeonato. A ideia é a mesma", declarou o treinador do Botafogo.

Apesar de Caio Júnior não confirmar, o time deve entrar em campo com Jefferson, Lucas, Antônio Carlos, Fábio Ferreira e Cortês; Marcelo Mattos, Renato, Maicosuel, Felipe Menezes e Elkeson; Alex. Sobre Felipe Menezes, que teve atuação apagada na derrota para o Inter, na última quarta-feira, o treinador acredita que o meia pode render mais atuando dentro de casa.

"Ele é um jogador muito técnico e quando se joga fora, pela pressão natural do time da casa, tem que ajudar muito na marcação. Ele se desgastou e fez com que não tivesse tanto a posse de bola para trabalhar o passe, mas tenho confiança de que se ele entrar pode fazer um bom jogo", finalizou Caio Júnior.

Com 28 pontos, o Botafogo é o quinto colocado do Campeonato Brasileiro. O Atlético-MG soma 15 pontos em 17 jogos, na 18ª colocação. As duas equipes se enfrentam neste sábado, às 18h, no Engenhão, pela 18ª rodada.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.