Treinador acredita que Botafogo pode terminar o Brasileiro entre os quatro, desde que seja reforçado

No último Campeonato Brasileiro, o Botafogo quase conquistou uma vaga para a Copa Libertadores deste ano. A derrota para o Grêmio, na última rodada, encerrou o desejo da equipe carioca em voltar para o torneio internacional após 14 anos. Por isso, apesar do começo de temporada turbulento, com eliminação precoce na Copa do Brasil e no Campeonato Carioca, a meta em 2011 é mais ousada.

Siga o iG Botafogo no Twitter e receba todas as informações do seu time em tempo real

O técnico Caio Júnior sabe que algo abaixo da classificação para o torneio será considerado abaixo da meta do clube. "Ter um time competitivo, que dispute os primeiros lugares, mas o grande objetivo é a Libertadores. Minha meta pessoal e coincide com do clube. O Campeonato Brasileiro é muito difícil. É complicado ficar entre os quatro primeiros, mas a meta tem que ser essa", disse Caio Júnior.

Porém, Caio Júnior relaciona a conquista do objetivo com a chegada de reforços para o elenco do Botafogo. O técnico vem pedindo contratações desde que assumiu o clube, em março. O setor mais carente é de armação, no meio-campo, mas Caio também espera por um atacante e um zagueiro para o restante da temporada.

"Precisamos de reforços, é algo definido. Sei que eles chegarão. Óbvio que quanto antes, melhor. Já contava com alguns para essa semana de treinamentos, mas não está sendo por falta de vontade ou trabalho da diretoria. Não estão chegando por coisas do futebol que alongam alguns negócios, ou impedem outros", declarou o comandante do Botafogo.

Apesar de ainda não ter as contratações que pediu, o técnico não acredita que o time esteja perdendo tempo. Para Caio Júnior, é mais simples encaixar um ou dois jogadores em uma equipe que já esteja estruturada e com esquema tático definido.

"Os reforços são bem pontuais. Jogadores que estão em atividade atualmente, então é muito mais fácil encaixar um ou dois, que um número maior. Por isso estamos trabalhando, olhando como se a estreia no Campeonato Brasileiro fosse hoje", finalizou Caio Júnior.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.