Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

C13 avisa que tem direito a negociar em nome do Corinthians

Entidade divulgou nota informando que desfiliação leva 60 dias. Resultado da venda do Brasileiro acontece em março

Paulo Passos, iG São Paulo |

O Clube dos 13 divulgou uma nota nesta quinta-feira informando que recebeu o pedido de desfiliação do Corinthians. A entidade, entretanto, afirma que pelo seu estatuto, a saída só acontece 60 dias após o pedido, oficializado na última quarta-feira. Sendo assim, segundo a carta assinada pelo presidente do C13, Fábio Koff, até o dia 24 de abril, a entidade poderá negociar em nome do clube paulista a venda de direitos de transmissão.

O resultado da concorrência para a exibição do Campeonato Brasileiro na TV aberta será conhecido no dia 11 de março. “Como efeito, durante esse período de 60 (sessenta) dias, fica preservada a condição do Sport Club Corinthians Paulista como associado fundado do Clube dos 13, restando mantidas, por conseguinte, todas as suas obrigações, direitos e deveres decorrentes de tal condição”, diz a carta.

O Corinthians, através do seu presidente Andrés Sanchez, quer negociar a venda dos direitos de transmissão separado do Clube dos 13. Segundo o dirigente, assim o clube conseguirá mais dinheiro do que fazendo a venda em conjunto com a entidade.

Sanchez comentou o fato de existir o período de 60 dias até a desfiliação ser confirmada. “Parece que eu tenho que esperar 60 dias para sair. Se for assim mesmo, eu venho todos esses dias e venho aqui para falar para vocês que estou fora”, ironizou o corintiano.

Ainda de acordo com a nota divulgada pelo C13, o clube que quiser sair da entidade precisa aprovar essa medida no Conselho Deliberativo do clube. Apesar de ser mais um trâmite burocrático, esse não deve ser um empecilho para Andrés Sanchez, já que ele tem maioria dos votos entre os conselheiros corintianos.

C13 não acredita outras saídas

Até agora, o Corinthians foi único associado do Clube dos 13 que oficializou a desfiliação da entidade. Flamengo, Fluminense, Botafogo, Vasco e Coritiba divulgaram que pretendem negociar os direitos de transmissão sem a entidade. Porém, não disseram que pretendem abandoná-la.

O iG apurou que o C13 acredita ter o apoio de 9 clubes, menos da metade dos 20 filiados. Outros seis, ainda não se posicionaram ou se dizem neutros no processo.

Fábio Koff passou os últimos dois dias entrando em contato com os presidentes dos times para pedir apoio. O dirigente deixou São Paulo nesta quinta-feira com destino a Porto Alegre. Ele deverá voltar à capital paulista na próxima semana.

Koff está confiante que nenhum outro clube deve deixar a entidade até o dia 11 de março. Nesse dia ocorrerá a abertura dos envelopes com as propostas para compra dos direitos de transmissão dos Brasileiros de 2012, 2013 e 2014.

Nesta quinta-feira, as empresas de televisão aberta receberam o edital de licitação para participar da concorrência. A proposta mínima é de R$ 500 milhões.

 

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG