Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Buscando a liderança, Botafogo recebe o Atlético-PR em crise

Equipe carioca pode assumir a ponta com tropeceço dos rivais. Atlético-PR vive problemas internos

Renan Rodrigues, iG Rio de Janeiro |

Futura Press
Após ser titular na seleção brasileira, Jefferson volta ao gol do Botafogo
O momento de otimismo voltou a tomar conta do torcedor botafoguense. Após quebrar uma sequência de três jogos sem vitória no Campeonato Brasileiro com um triunfo sobre o Corinthians, na casa do adversário, na última quarta-feira, a equipe carioca volta a depender apenas de si para conquistar o torneio. E para alcançar esse objetivo, o time comandado pelo técnico Caio Júnior recebe o Atlético-PR neste domingo, às 16h, no estádio Engenhão, pela 30ª rodada.

Veja mais: Botafogo é o 3º e Atlético-PR o 18º no Brasileirão. Veja a tabela atualizada

Na quarta colocação, com 49 pontos, o Botafogo pode chegar ao primeiro lugar da tabela nesta rodada, caso Corinthians e Vasco, que enfrentam Cruzeiro e Atlético-MG, respectivamente, percam suas partidas. Ainda que não assuma a liderança neste final de semana, o time carioca segue com um jogo a menos que os adversários na luta pelo título, por conta da partida contra o Santos, marcada para o dia 19 de outubro.

Leia também: Em reunião com jogadores, gerente do Botafogo acerta premiações atrasadas

Pelo lado do Atlético-PR, a situação é muito mais complicada. Na 18ª colocação, com 28 pontos, o time não deixará a zona de rebaixamento do Brasileirão mesmo que vença o Botafogo. A equipe vem de um empate de 2 a 2 contra o Vasco, em casa, após estar vencendo por dois gols de vantagem. Apesar da situação delicada do time curitibano, o discurso no Botafogo é de respeito e paciência para abrir o placar.

Leia mais: Antônio Lopes é contestado por Baier, mas elogia o Atlético-PR

"É o que a gente sempre diz antes dos jogos. Independente do adversário vamos ter que buscar a vitória de qualquer maneira. Sabendo da dificuldade deles, do momento deles, a forma como vão jogar aqui não é como Corinthians jogou contra a gente no meio da semana. Vão atuar mais fechados, com cautela, mas mesmo assim a gente precisa dar nosso melhor e ter paciência para vencer", disse o meia Felipe Menezes.

O Botafogo também busca encerrar um tabu, já que nunca venceu a equipe curitibana no estádio Engenhão em Brasileiros. Foram três partidas, com dois empates e uma vitória do Atlético-PR, que também derrotou o Botafogo no primeiro turno, na Arena da Baixada. Por isso, o técnico Caio Júnior faz mistério sobre qual equipe levará a campo no domingo.

Veja também: Observado pelo Milan, Jefferson revela sonho de jogar na Europa

Futura Press
Morro Garcia foi pego no antidoping no Uruguai, mas seguirá autando no Brasil
A única certeza é a volta do goleiro Jefferson, que estava com a seleção brasileira e não enfrentou o Corinthians na última quarta-feira. Na vaga do lateral-esquerdo Cortês, expulso contra o time paulista, o treinador deve escalar o meia Everton, que já atuou no setor. Márcio Azevedo corre por fora. Na direita, Lucas, que cumpriu suspensão automática na última partida, deve recuperar o posto de titular de Alessandro. A última dúvida fica por conta da manutenção do meia Felipe Menezes ou da volta do atacante Herrera, que foi reserva contra o Corinthians.

No Atlético-PR, declarações e problemas fora de campo aumentaram a situação complicada da equipe. Após o empate contra o Vasco, o técnico Antônio Lopes foi xingado pela torcida e contestado publicamente pelo meia Paulo Baier, um dos líderes do elenco. Além disso, o atacante Morro García foi flagrado no exame antidoping por cocaína. Porém, como o teste foi feito na época que o jogador defendia o Nacional, do Uruguai, ele segue liberado para atuar pelo Atlético-PR.

Siga o iG Botafogo no Twitter e receba todas as informações do seu time em tempo real

Em relação ao time que empatou com o Vasco, o único desfalque será o atacante Guerrón, que recebeu o terceiro cartão amarelo diante e cumprirá suspensão automática. Já os zagueiros Fabrício e Manoel, que cumpriram suspensão na última rodada, voltam ao time titular do Atlético-PR.

FICHA TÉCNICA - BOTAFOGO X ATLÉTICO-PR

Local: estádio Olímpico João Havelange, o 'Engenhão', no Rio de Janeiro (RJ)
Data: 16 de Outubro (Domingo)
Hora: 16h (de Brasília)
Árbitro: Nielson Nogueira Dias (PE)
Auxiliares: Jossemmar Diniz Moutinho (PE) e Albino Andrade Albert Junior (PE)

BOTAFOGO: Jefferson, Lucas, Antônio Carlos, Fábio Ferreira e Everton (Márcio Azevedo); Marcelo Mattos, Renato, Maicosuel e Elkeson; Herrera (Felipe Menezes) e Loco Abreu
Técnico: Caio Júnior

ATLÉTICO-PR: Renan Rocha, Wagner Diniz, Manoel, Fabrício(Rafael Santos) e Héracles; Deivid, Renan, Paulo Baier e Marcinho; Nieto e Morro García
Técnico: Antônio Lopes

Entre para a Torcida Virtual do Botafogo e comente o duelo contra o Atlético-PR

 

Leia tudo sobre: BotafogoAtlético-PRBrasileirão 2011

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG