Lateral-esquerdo trata de lesão muscular na coxa esquerda desde 19 de abril

Bruno Collaço era titular quando se machucou
Lucas Uebel, Divulgação
Bruno Collaço era titular quando se machucou
Primeiro, o tratamento com anti-inflamatório. Depois, as sessões de fisioterapia. Em seguida, as leves corridas ao redor do campo. Mais tarde, a retomada dos treinos com bola, ainda em separado. Foi vencendo etapas que Bruno Collaço alcançou a última fase antes do retorno a partidas oficiais no Grêmio . Afastado dos gramados desde o dia 19 de abril, quando acusou um estiramento muscular na coxa esquerda , o lateral-esquerdo voltou a trabalhar com o restante do elenco gremista.

Entre para a Torcida Virtual do Grêmio e convide seus amigos

Twitter iG Grêmio: Notícias e comentários em tempo real

"Fiz todos os movimentos sem sentir dor alguma. Virei bola de um lado para o outro, dei pique na linha de fundo, fiz cruzamentos. E tudo isso com chuva, que deixa o campo pesado", comentou o atleta de 21 anos após o treino de terça-feira.

Não há, porém, prazo para o jogador voltar a atuar. Nesta quarta-feira, ele deve repetir a dose de treinamentos. Precisa ainda recuperar a forma física para depois ficar à disposição de Renato Gaúcho.

"Sei que fiquei fora por um bom tempo, mas o Renato costuma dar oportunidades a todos. É claro que todo mundo quer jogar, mas minha prioridade no momento é voltar bem fisicamente", comentou Bruno Collaço.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.