Meia ainda não perdeu clássicos com a camisa do Corinthians, mas o técnico foi mais comedido em suas declarações

Bruno César jamais perdeu um clássico com a camisa do Corinthians - quando a equipe foi derrotada pelo São Paulo, na primeira fase do Campeonato Paulista, ele não estava em campo para acertar a sua transferência para o Benfica. O bom retrospecto foi motivo de orgulho para o meia às vésperas das finais contra o Santos, o que gerou uma reprimenda do técnico Tite.

"Espero sair do Corinthians sem ter perdido nenhum clássico. Os jogos anteriores foram muito bons para mim. Desde que estou aqui, vejo que o nosso time fica muito tranquilo nessas partidas. A confiança é enorme. Temos tudo para sair com as vitórias", vangloriou-se Bruno César.

Tite é mais comedido em suas declarações. Quando soube do discurso de seu camisa 10, o treinador se apressou para não abrir espaço para polêmica. "Chamei a atenção do Bruno, que disse que nunca perdeu clássicos, mas também ainda não ganhou um título. Quando ele jogou contra o Santos, não foi campeão", recordou, referindo-se à decisão do Campeonato Paulista do ano passado.

Em 2010, Bruno César defendeu o Santo André na final contra o Santos e não conseguiu evitar o vice-campeonato da equipe do ABC paulista. "Não desmerecendo o Santo André, era um time grande contra um pequeno. Muitas coisas aconteceram, como um gol nosso anulado. As chances pareciam completamente desfavoráveis. Agora é 50% para cada lado", bradou. "Mas não tenho mágoas. Não se trata de revanche", ressalvou.

Bruno César também guarda uma boa lembrança de um confronto com o Santos. "Há algo de especial: o primeiro jogo que fiz como titular foi contra eles, no Pacaembu. A diferença é que era Campeonato Brasileiro. Ganhamos por 4 a 2, com gol meu, em uma das minhas melhores partidas pelo Corinthians. Estou novamente muito confiante e tranquilo", reforçou o meia.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.