Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Bruno César minimiza fama de "baladeiro" na saída do Corinthians

Jogador admitiu ter levado puxões de orelha de Ronaldo por conta de seus hábitos noturnos

Bruno Winckler, iG São Paulo |

O meia Bruno César reconheceu nesta terça-feira que foi cobrado por Ronaldo e por jogadores do Corinthians por conta de alguns de seus hábitos e saídas noturnas nos últimos meses. O jogador, recentemente vendido para o Benfica, disse ter consciência que precisava dos "puxões de orelha" e que por isso conseguiu ser negociado com o clube português.

Gazeta Press
Bruno César fica no Corinthians até o final do Paulistão

"Eu sei que tem a hora certa de sair. Sou visto e reconhecido por jogar no Corinthians, mas levei puxões de orelha do Ronaldo e isso é certo. Ele estava querendo o meu bem, ele e o Roberto Carlos me deram conselhos e me ajudaram pela experiência dos dois. Agradeço por tudo que ele me ajudou, pelas coisas que ele fez pra mim isso e se teve a transferência para o Benfica pode ser pelo fato de eu ter participado de uma certa forma da carreira do Ronaldo", disse Bruno César, que já disse que pretende deixar o Corinthians vencendo o título paulista.

O meia disse continua saindo à noite neste ano e manteve o mesmo ritmo que tinha no ano passado. Porém, com a eliminação na Libertadores e sua queda de rendimento com a consequente ida ao banco de reservas.

"O que eu estava fazendo no ano passado, faço nesse ano. Mas ano passado estava fazendo gol e agora a temporada não começou muito boa. Aí começam a falar um monte de falar um monte de coisas. Que voltei acima do peso, que discuti com o Ronaldo, que estava na noite, estava me sentindo estrela, mas meu comportamento não mudou em nada em relação ao ano passado", disse o jogador.

Leia tudo sobre: corinthiansbruno césarbenficamercado da bolaronaldo

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG