Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Brum faz propaganda para ficar e diz que pode ajudar Adilson Batista no relacionamento com jogadores

Volante lembrou os problemas de relacionamento entre o treinador e os jogadores do Corinthians, e acredita que pode ajudar Adilson a manter um ambiente favorável no clube

Samir Carvalho, iG São Paulo |

O volante Roberto Brum, que tem contrato com o Santos até julho de 2011, espera permanecer no clube para a próxima temporada. Como não tem empresário para gerenciar sua carreira, o atleta confia na avaliação do técnico Adilson Batista para ficar na Vila Belmiro. Brum fez sua propaganda para o treinador, e declarou que sua permanência no clube pode ajudar Adilson a manter um ambiente favorável com o grupo de jogadores.

Quem vai decidir é o Adilson Batista. Quero ficar no Santos. Eu acho que merecia ficar aqui. Isso vai depender exclusivamente do Adilson. Se eu depender de outras pessoas, fica difícil a minha permanência. Eu sou uma raridade, não tenho empresários. Eu fico sempre na dependência do treinador fazer uma avaliação. Não tenho incentivo de empresários, disse Roberto Brum.

O volante, inclusive, lembrou os problemas de relacionamento entre Adilson Batista e os jogadores do Corinthians, na rápida passagem do técnico ao Parque São Jorge nesta temporada. Segundo Brum, o treinador pode enfrentar os mesmos problemas no Santos, e terá mais facilidades para administrar o comportamento dos atletas com sua permanência no elenco. 

Se eu fosse treinador, eu ia querer ficar com o Brum. Se o Adilson for inteligente, e eu soube que ele saiu insatisfeito com problemas de relacionamento no Corinthians, eu posso ajudá-lo aqui. Aqui não é diferente no Santos, existem esses problemas também. É só lembrar o que aconteceu, disse Brum, que mandou um recado para a diretoria santista.

Se ele (Adilson Batista) não quiser não tem problemas, a minha multa é de R$ 10 milhões, vou embora e faço uma festa. O que vai prevalecer é a vontade de Deus. Se o coração ficar endurecido, vou embora, completou.

Apesar de não atuar como titular na maioria dos jogos do Santos nesta temporada, Roberto Brum serviu como motivador e conselheiro dos atletas. Na confusão entre Dorival Júnior e Neymar, o volante teve influências na recuperação do camisa 11, que ficou abalado após o desentendimento com o treinador.

 


 

Leia tudo sobre: campeonato brasileirofutebolsantos

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG