Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Brincadeiras são usadas para integrar Escudero ao Grêmio

Meia argentino, único estrangeiro do grupo, está em período de adaptação ao novo clube

Hector Werlang, iG Porto Alegre |

Lucas Uebel, Divulgação
Escudero foi contratado do Boca Juniors
Foram sete dias de convivência, completados neste domingo, para o técnico Renato Gaúcho ter a receita para acabar com a timidez de Escudero.

“Uma semana a mais de intensivo comigo e pronto”, brincou o treinador.

Único estrangeiro no Grêmio, o argentino tenta superar a timidez para acelerar o processo de adaptação ao futebol brasileiro. Renato disse que o primeiro passo é respeitar as características do novo contratado:

“Falei para o pessoal ir brincando para soltar o rapaz”.

O lateral-esquerdo Lúcio disse que a conversa é o melhor caminho. O problema é compreender o idioma espanhol.

“Já disse para não falar rápido e ele pediu o mesmo. A linguagem da bola não tem segredo, agora, o engraçado é que tem jogador forçando o espanhol”, disse o atleta.

Como assim, Lúcio?

“O Paulão fica tentando, aí, vira brincadeira”.
 

Leia tudo sobre: grêmioescudero

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG