Clubes podem ter multa de R$ 100 até R$ 100 mil reais, além da perda do mando de campo de uma a dez partidas

Ponte Preta e Guarani podem ter sérios problemas na justiça após os tumultos causados pela torcida do Bugre no último dérbi. O procurador do Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD), Paulo Schmitt, já havia dito que ambos os times seriam punidos pelos incidentes e, agora, isso parece ser uma certeza, já que o árbitro da partida, Antonio Rogério Batista do Prado, relatou a confusão na súmula.

Com isso, os dois times de Campinas devem ser enquadrados no artigo 213, que pode custar uma multa de R$ 100 até R$ 100 mil reais, além da perda do mando de campo de uma a dez partidas. Além disso, Paulo Schmitt pediu as imagens da partida, dando a entender que os clubes deverão ser enquadrados em outros artigos.

Na ocasião, o tumulto começou após o locutor da partida, Raul de Freitas Lázaro, chamar de forma pejorativa a torcida do Guarani de "galinhada". Os integrantes da torcida do Bugre se revoltaram com a declaração e entraram em confronto com a polícia, jogando objetos no campo e colocando fogo em papéis e até mesmo em um banheiro da área de visitantes do Moisés Lucarelli.

Entre para a Torcida Virtual do seu time e convide seus amigos

Na súmula da partida, divulgada nesta terça-feira no site oficial da CBF, o árbitro Antonio Rogério Batista do Prado deu o seu parecer sobre os incidentes ocorridos durante o intervalo do clássico. "Fui informado pelo delegado da partida, Sr. Arthur Alves Júnior, que estava presente no campo de jogo, que o locutor do estádio Moisés Lucarelli, durante o intervalo, disse as seguintes palavras: "Quem é pontepretano bate palma, e quem não é cacareja e bota ovo". Após o ocorrido, a torcida do Guarani, que estava localizada atrás de uma das metas, ficou revoltada, atirando vários objetos para o campo de jogo. Em seguida, a Polícia Militar interveio, porém, mesmo assim os torcedores do Guarani colocaram fogo nos banheiros, papéis e madeiras que ali estavam."

A Ponte Preta venceu o confronto contra o Guarani por 2 a 0 e agora treina para enfrentar o Bragantino no próximo sábado. Já o Bugre terá de ir até Arapiraca, onde jogará contra o ASA na próxima sexta-feira. Enquanto a Macaca é a vice-líder do campeonato, o Guarani ocupa a 19ª colocação, na zona de rebaixamento.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.