Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Brasileiros são contra dinheiro público em estádios da Copa-2014

Pesquisa realizada em todo o país aponta que 44,7% da população "discorda totalmente" de uso de verba do Estado nas obras

iG São Paulo |

Uma pesquisa divulgada na tarde desta terça-feira pela consultoria internacional Sport+Markt confirma que a maioria dos brasileiros é contra a utilização de recursos públicos em obras de estádios que serão utilizados na Copa do Mundo de 2014. Das pessoas que responderam à pesquisa, 63,7% rejeitam a possibilidade, contra 36,3% favoráveis.

No universo global da pesquisa, que entrevistou 8.221 pessoas nos 26 estados e no Distrito Federal, 44,7% são contra, 25,9% favoráveis e 29,9% declararam não ter opinião formada sobre o assunto. A pergunta foi feita sem especificar se o dinheiro público em questão seria aplicado em arenas públicas ou privadas.

Entre os estados que receberão a Copa, os maiores índices de rejeição à colaboração do governo com as obras dos estádios são o Rio Grande do Sul, com 52,1%, e o Rio de Janeiro, com 51,2% de opiniões contrárias. Na cidade de São Paulo, 47,1% condenam o uso de dinheiro público e, na esfera estadual, a marca sobe para 48,7%.

Veja na tabela abaixo a porcentagem por estado de pessoas contrárias e favoráveis ao uso de verba pública nas construções e reformas dos estádios para o Mundial.

Estado Concorda Discorda Sem opinião formada
Amazonas  17% 36% 47%
Bahia  29,5% 31,1% 39,4%
Ceará  22,9% 37,7% 39,4%
Distrito Federal 27,7% 32,7% 39,6%
Mato Grosso  27,5% 30% 42,5%
Minas Gerais  31,1% 39,6% 29,3%
Paraná  25,1% 50% 24,9%
Pernambuco  30,6% 46,2% 23,2%
Rio de Janeiro  14,7% 51,2% 34,1%
Rio Grande do Norte  31,4% 35,7% 32,9%
Rio Grande do Sul  16,3% 52,1% 31,6%
São Paulo  27,1% 48,7% 24,2%
Estados sem Copa  27,5% 42,2% 30,3%
Fonte: Sport+Markt

 

Leia tudo sobre: copa 2014

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG