Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Brasileiros dominam a lista de indicados para pior do ano na Itália

Medalhões como Ronaldinho Gaúcho e Adriano podem sagrar-se vencedores do Bidone dOro. Felipe Melo pode ser bi

Gazeta Esportiva |

_CSEMBEDTYPE_=inclusion&_PAGENAME_=esporte%2FMiGComponente_C%2FConteudoRelacionadoFoto&_cid_=1237882208888&_c_=MiGComponente_C

O prêmio "Bidone d'Oro", uma sátira à Bola de Ouro que elege o pior jogador italiano da temporada, divulgou os indicados para o troféu deste ano. Entre os dez jogadores na disputa, seis são brasileiros: o volante Felipe Melo (Juventus), os meias Mancini (Milan), Diego (que saiu da Juventus no meio do ano) e Ronaldinho Gaúcho (Milan) e os atacantes Adriano (Roma) e Amauri (Juventus).

O atual vencedor do prêmio é o volante Felipe Melo, mas o atacante Adriano já é bicampeão do troféu, que ganhou em 2006 e 2007 quando estava na Inter de Milão. Neste ano, o "Imperador" deixou o Flamengo no final do primeiro semestre para ir para a Roma. Até aqui, o desempenho do jogador tem sido pífio na capital italiana, e já há forte especulação sobre uma volta de Adriano ao futebol brasileiro em 2011.

Getty Images
O atacante brasileiro Adriano venceu duas das sete edições do "Bidone d'Oro"

Os outros concorrentes à "honraria" são os zagueiros Materazzi (Inter de Milão) e Cannavaro (ex-Juventus) e os atacantes Cassano (Sampdoria) e Mutu (Fiorentina).

Criado em 2003, o "Bidone D'Oro", em suas sete edições, já teve quatro brasileiros vencedores. Além de Adriano (duas vezes) e Felipe Melo, Rivaldo já recebeu o troféu em 2003, quando atuava no Milan.

Leia tudo sobre: futebol internacionalitaliano 2010itália

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG