Gêmeos, laterais Fábio e Rafael acreditam no time inglês na final da Liga dos Campeões, contra o Barcelona

Dois dos representantes brasileiros na final da Liga dos Campeões da Europa , marcada para o próximo sábado em Londres, os gêmeos Fábio e Rafael , do Manchester United , vivem situações curiosas no clube inglês por conta da semelhança física. Em reportagem sobre os atletas, o jornal The Guardian revelou que até o técnico da equipe, Alex Ferguson, já confundiu os dois.

“Tivemos um jogo em que ele [Ferguson] veio até mim no vestiário e começou a conversar comigo, mas me chamando de Rafael. Ele ainda se confunde com a gente, mas isso não importa. Sir Alex sabe tudo sobre futebol e ele ama o estilo brasileiro. Ele é louco pelo Cafu, que é nosso ídolo”, contou Fábio.

Atualmente, além da confusão causada pela aparência quase idêntica, Ferguson ainda precisa avaliar as diferenças entre os dois jogadores atuando na mesma posição. Isso porque Fábio, apesar de destro, era originalmente lateral esquerdo. Mas há algum tempo o treinador do Manchester o deslocou para o outro lado do campo, onde deve ser titular na partida de sábado contra o Barcelona , deixando o irmão no banco.

Rafael, apesar da reserva, celebra o bom momento do irmão. “Estou feliz por ver o meu irmão retornando depois de um início difícil no United. Ele se machucou algumas vezes e não conseguiu fazer muitos jogos nas duas primeiras temporadas. Havia até quem falasse sobre a possibilidade de ele ser emprestado, mas nós estamos juntos desde o começo das nossas carreiras e eu gostaria de manter isso o máximo possível”, disse.

Na Inglaterra, Fábio e Rafael moram juntos com o irmão mais velho, Luiz Henrique, e com as respectivas esposas, em uma casa que passaram a chamar de “República dos Silva”. E se Luiz Henrique afirma não ter qualquer problema para diferenciar os irmãos, ele é uma exceção. Até um grito da torcida do Manchester diz que “quando os garotos descem para o campo, ninguém sabe dizer quem é quem”.

No Manchester há três anos, os gêmeos já participaram do título mundial conquistado contra a LDU em 2008. E agora confiam na conquista que levaria a equipe inglesa novamente para disputa do Mundial da Fifa, que este ano volta para o Japão. Para isso, eles afirmam não ver o Barcelona como um adversário quase imbatível.

“Nós temos um time cheio de confiança e de bons jogadores e não devemos temer o Barcelona”, disse Fábio. “Não vejo porque não podemos vencer se conseguirmos fazer um jogo sem cometer os mesmos erros que alguns dos adversários deles cometeram. Basicamente, o Barcelona não gosta de ser atacado e pressionado. Precisamos deixá-los desconfortáveis”, completou Rafael.

Em 2011, os gêmeos brasileiros já comemoraram o título do Campeonato Inglês pelo Manchester
Getty Images
Em 2011, os gêmeos brasileiros já comemoraram o título do Campeonato Inglês pelo Manchester

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.