Seleção precisou da prorrogação para se classificar para o jogo contra Portugal, no sábado pelo Mundial

selo

A seleção brasileira de futebol de areia teve muito mais trabalho do que o previsto, mas está na semifinal do Mundial. Em Ravenna, na Itália, o Brasil precisou da prorrogação pra vencer a Nigéria por 10 a 8, nesta quinta-feira, e se classificar para enfrentar Portugal, no sábado, em jogo que vale uma vaga na final.

Na partida com maior número de gols de todo o Mundial, Brasil e Nigéria se revezaram à frente do placar durante toda o jogo. A seleção brasileira até chegou a abrir 8 a 5 no terceiro tempo, mas permitiu um empate histórico. Nos últimos 1min30s, os nigerianos marcaram três vezes e deixaram tudo igual em 8 a 8, com três gols em menos de um minuto.

Na prorrogação, apesar do maior desgaste físico dos brasileiros, André e Bruno Malias garantiram a vitória do Brasil em lances de bola parada. André, aliás, foi o goleador da partida, com cinco gols. Anderson, Buru, Jorginho e Benjamin também marcaram para a seleção. Najare, Ibenegbu (quatro vezes), Okwuosa (duas) e Tale fizeram os gols da Nigéria.

Também nesta quinta-feira foram definidos os outros três semifinalistas. A Rússia, que bateu o México por 5 a 3, vai enfrentar El Salvador, time que surpreendeu ao vencer a Itália por 6 a 5, na prorrogação, após empate em 5 a 5 no tempo regulamentar. Portugal também teve trabalho e só nos pênaltis venceu Senegal. Com a bola rolando, empate em 4 a 4.

As semifinais acontecem no sábado. El Salvador e Rússia jogam às 10h e o Brasil pega Portugal uma hora depois. A final é às 13h30 do domingo, sempre pelo horário de Brasília.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.