Com gols de Henrique, Gabriel Silva e Dudu, seleção brasileira venceu por 3 a 0 no Mundial sub 20

O Brasil confirmou o favoritismo e passou sem dificuldades pela Arábia Saudita, em Barranquilla, na Colômbia. Com gols do são-paulino Henrique, do palmeirense Gabriel Silva e do cruzeirense Dudu, a seleção brasileira venceu por 3 a 0 e avançou para as quartas de final do Mundial sub 20.

À exceção dos minutos iniciais do jogo, o Brasil foi superior durante toda a partida, mas as redes só foram balançar após boa mexida do técnico Ney Franco. No intervalo, o treinador tirou o volante Casemiro e promoveu a entrada de Willian José, que participou das duas jogadas de gols brasileiros. Depois, Henrique precisou ser substituído e Dudu foi o escolhido pelo comandante para entrar e correspondeu ao marcar o terceiro gol.

Agora, no domingo, em Pereira, o Brasil enfrenta a Espanha, que terminou a primeira fase com 100% de aproveitamento, mas sofreu para eliminar a Coreia do Sul nos pênaltis . Será o primeiro teste de fogo da seleção, que até o momento duelou com Egito, Panamá e Áustria, além da Arábia Saudita, na cfompetição.

O jogo
Surpreendentemente, a Arábia Saudita começou melhor a partida, assustando o goleiro brasileiro Gabriel, principalmente em jogadas do camisa 9 Fhad. O principal lance do atacante foi logo no primeiro minuto, em chute de dentro da área, que passou rente à trave.

O Brasil só foi levar perigo de fato aos 15 minutos, quando Henrique fez boa jogada pela direita e cruzou na cabeça de Oscar, que mandou à direita do gol. O meia, aliás, foi o protagonista de uma polêmica no primeiro tempo. Aos 20, ele passou por dois jogadores, invadiu a área e foi derrubado por Alsharani. O árbitro mandou o jogo seguir, para desespero dos brasileiros que ficaram pedindo pênalti.

E a grande chance do Brasil marcar ainda na etapa inicial aconteceu logo em seguida. Philippe Coutinho lançou Henrique em profundidade, o atacante ficou em ótima condição, mas se atrapalhou na hora da conclusão e mandou para fora.

Entendendo que o Brasil precisava ser mais ofensivo, o técnico Ney Franco mexeu na equipe durante o intervalo e tirou o volante Casemiro para a entrada do atacante Willian José. E deu certo. Com 30 segundos de jogo, o atleta do São Paulo participou da jogada do gol brasileiro, marcado por seu companheiro de clube, Henrique, que recebeu lançamento e tocou na saída do goleiro para abrir o placar.

O atacante estava inspirado e quase marcou o segundo cinco minutos depois, quando aproveitou cruzamento de Oscar e cabeceou, mandando rente à trave esquerda. Aos 15, mais uma vez, Henrique apareceu sozinho dentro da área e chutou, para Alsdairy defender. No rebote, Willian só empurrou para o gol sem goleiro, mas Alzubaidi apareceu para tirar em cima da linha.

No lance seguinte, Henrique se contundiu e precisou deixar o campo para a entrada de Dudu, e então Willian assumiu as rédeas do jogo. Primeiro o atacante aproveitou passe de Dudu e, de primeira, mandou por cima do gol. Depois, aos 23 minutos, ele recebeu lançamento de Danilo, limpou o goleiro e quando ia armando o chute, o palmeirense Gabriel Silva apareceu e mandou para o fundo das redes.

Mesmo com a vantagem no placar, o Brasil continuou no ataque e foi superior durante todo o restante do jogo. A defesa saudita se segurava como podia para evitar o terceiro gol brasileiro, mas os 40 minutos ele aconteceu, e dos pés de mais uma aposta de Ney Franco. Oscar fez lançamento em profundidade para Dudu, que invadiu a área pela esquerda e chutou na saída do goleiro, dando números finais à partida.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.