Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Brasil tem sua pior colocação na história da Copa América

Com classificação da Venezuela, seleção de Mano Menezes terminou em oitavo lugar

Marcel Rizzo e Paulo Passos, enviados iG a La Plata |

Com a eliminação do Chile nas quartas de final também (perdeu por 2 a 1 para a Venezuela na noite deste domingo), o Brasil teve sua pior colocação na história de 43 anos da Copa América . Acabou na oitava colocação, atrás de Chile (5°), Colômbia (6°) e Argentina (7°) – Paraguai, Venezuela, Uruguai e Peru estão nas semifinais e vão definir o campeão no mata mata.

Pelo regulamento, a colocação é especificada com base nos pontos que as seleções fizeram, somando as fases. Chile e Colômbia marcaram sete, mas os chilenos tiveram melhor saldo de gols, um contra dois negativos. Brasileiros e argentinos terminaram com seis pontos, mas o saldo argentino foi superior, 3 a 2.

A pior colocação antes havia sido em 2001, na Colômbia, quando a seleção dirigida por Luiz Felipe Scolari ficou em sexto, também eliminada nas quartas de final pela inexpressiva Honduras. Uma derrota mais significativa do que perder para o Paraguai, mas como tinha feito uma boa primeira fase acabou se classificando melhor no final.

O Brasil tem oito títulos, quatro deles conquistados nos últimos 23 anos (de um torneio que começou em 1916) – a seleção havia faturado as duas últimas, no Peru, em 2004, e na Venezuela, em 2007, ambas batendo a Argentina na decisão.
 

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG