Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Brasil tem 6 candidatos na eleição da seleção da Uefa

Na eleição do ano passado, país conseguiu emplacar dois jogadores na seleção do ano: o lateral Daniel Alves e o meia Kaká

Agência Estado |

O Brasil tem seis jogadores entre os 55 candidatos a formar a seleção do futebol europeu em 2010, mas, curiosamente, todos jogam na defesa - não tem nenhum meio-campista ou atacante brasileiro na lista divulgada nesta sexta-feira. Agora, caberá aos torcedores escolherem a equipe ideal, votando através do site da Uefa.

Dessa vez, o trio de defensores da Inter de Milão está entre os candidatos brasileiros, depois da campanha do título da Liga dos Campeões da Europa: o goleiro Julio Cesar, o lateral Maicon e o zagueiro Lúcio. Completam a lista o lateral Michel Bastos (Lyon) e os zagueiros David Luiz (Benfica) e Douglas (Twente).

Na eleição do ano passado, o Brasil conseguiu emplacar dois jogadores na seleção do ano: o lateral Daniel Alves e o meia Kaká, que nem sequer entraram na disputa de 2010. Agora, o futebol brasileiro pode conseguir alguma vitória, mas a disputa organizada pela Uefa mostra a má fase dos homens de frente.

Na lista de candidatos, destaque para a presença maciça de jogadores espanhóis depois da conquista do título da Copa na África do Sul. Ao todo, são nove representantes da Espanha, sendo oito que defenderam a seleção no Mundial - a única exceção é o goleiro David De Gea, que joga pelo Atlético de Madrid.

A eleição da Uefa também escolherá o melhor treinador do futebol europeu em 2010. E a disputa tem cinco candidatos: José Mourinho (Inter de Milão/Real Madrid), Vicente del Bosque (seleção espanhola), Quique Flores (Atlético de Madrid), Bert van Marwijk (seleção holandesa) e Louis Van Gaal (Bayern de Munique).

Confira todos os jogadores indicados:

Goleiros - Casillas (Real Madrid), De Gea (Atlético de Madrid), Stekelenburg (Ajax), Julio Cesar (Inter de Milão) e Eduardo (Braga/Genoa)

Lateral-direito - Sergio Ramos (Real Madrid), Van der Wiel (Ajax), Ivanovic (Chelsea), Maicon (Inter de Milão) e Lahm (Bayern de Munique)

Zagueiros (dois eleitos) - Puyol (Barcelona), Piqué (Barcelona), Lúcio (Inter de Milão), Samuel (Inter de Milão), Lugano (Fenerbahçe), Diawara (Olympique de Marselha), David Luiz (Benfica), Bonucci (Juventus), Hangeland (Fulham) e Douglas (Twente)

Lateral-esquerdo - Ashley Cole (Chelsea), Riise (Roma), Coentrão (Benfica), Van Bronckhorst (Feyenoord) e Michel Bastos (Lyon)

Volante - Khedira (Real Madrid), Xavi (Barcelona), Van Bommel (Bayern de Munique), Schweinsteiger (Bayern de Munique) e Cambiasso (Inter de Milão)

Meia-direita - Robben (Bayern de Munique), Cristiano Ronaldo (Real Madrid), Zanetti (Inter de Milão), Kuyt (Liverpool) e Adam Johnson (Manchester City)

Meia-esquerda - Iniesta (Barcelona), Malouda (Chelsea), Cassano (Sampdoria), Di María (Real Madrid) e Bale (Tottenham)

Meia-atacante - Sneijder (Inter de Milão), Ozil (Real Madrid), Fabregas (Arsenal), Thomas Müller (Bayern de Munique) e Honda (CSKA Moscou)

Atacantes (dois eleitos) - David Villa (Barcelona), Messi (Barcelona), Diego Forlán (Atlético de Madrid), Eto'o (Inter de Milão), Diego Milito (Inter de Milão), Luis Suárez (Ajax), Drogba (Chelsea), Higuaín (Real Madrid), Lukaku (Anderlecht) e Tevez (Manchester City)

Leia tudo sobre: futebol internacional

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG