Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Brasil supera calor, goleia Chile e já se garante na decisão

Seleção encerra a primeira fase do Torneio Internacional Cidade de São Paulo na próxima quinta-feira, contra a Dinamarca

Gazeta |

AE
Marta cobra escanteio na goleada do Brasil neste ensolarado domingo
A seleção brasileira feminina provou que nem o forte calor que atingiu o fim da tarde e início da noite na capital paulista neste domingo é capaz de segurá-la no Torneio Cidade de São Paulo. Com facilidade, a equipe aplicou 4 a 0 no Chile, no Pacaembu, e garantiu a vaga na final da competição mesmo com uma partida ainda a ser disputada.

Leia mais: Vazio e com torcedores atípicos, Pacaembu vê outra realidade

O time encerrará sua participação na primeira fase às 21h50 (de Brasília) de quinta-feira, novamente no estádio Paulo Machado de Carvalho, diante da Dinamarca. Como já têm seis pontos - estrearam goleando a Itália por 5 a 1 -, basta que as brasileiras não sejam derrotadas assegurarem a vantagem de, na decisão, poderem ser campeãs mesmo com um empate.

A combinação é possível graças a um desempenho quase perfeito no primeiro tempo. As anfitriãs foram para o intervalo já vencendo por 3 a 0, o que facilitou a goleada brasileira.

Confira ainda:  De olho em Londres, Brasil disputa torneio no Pacaembu

Antes, a Dinamarca, próxima adversaria do Brasil, fez a sua parte para se aproximar da decisão. Com gol da atacante Harder aos 48 minutos do segundo tempo, empatou por 2 a 2 com a Itália e chegou a quatro pontos. Só precisa atingir a igualdade contra o Brasil para não conseguir ser alcançada pelas italianas, que têm um ponto e enfrentam as eliminadas chilenas às 18h45.

O jogo
Atacando como queria, pelas laterais ou centralizando na área, as brasileiras faziam as adversarias correrem desde o início, mas raramente tocando na bola. A chilena mais participativa era a goleira Endler. Aos 13 minutos, Marta cobrou escanteio, a goleira saiu mal e só conseguiu encontrar a bola quando Érika, aproveitando toque de cabeça de Aline Pellegrino, desviou para dentro da meta.

Em novo escanteio cobrado por Marta, desta vez da direita, Aline Pellegrino participou de outra jogada ensaiada ao ajeitar na segunda trave para Rosana, posicionada sem marcação no meio da área, finalizar no gol aos 21 minutos.Na jogada seguinte, Marta cobrou falta e a bola sobrou para Thais Guedes, a Neymarzinha, ampliar.

Antes do intervalo, as comandadas de Jorge Barcellos ainda balançaram as redes com Cristiane, mas a atacante estava impedida ao receber passe de Érika, aos 38 minutos. O quarto gol seria válido só aos dez minutos do segundo tempo, quando Érika voltou a testar para Fabi fechar a goleada.

Aos 31 minutos, Gabriela ainda acertou a trave em uma das muitas oportunidades perdidas pelas brasileiras - até Marta jogou para fora uma oportunidade de cara para a goleira adversária. Mas a torcida já tinha visto o suficiente no ensolarado domingo em São Paulo. Já é possível pensar na final do próximo domingo.

Leia tudo sobre: brasilseleção brasileirafutebol feminino

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG