Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Brandão pode deixar Olympique de Marselha por causa de acusação

Jovem se diz vítima de estupro e presidente do time francês teme que isso manche a imagem do clube

Gazeta |

Acusado de agredir sexualmente uma mulher de 23 anos, o brasileiro Brandão, do Olympique de Marselha, foi solto nesta última quarta-feira, mas segue investigado pelo caso. A diretoria do clube francês ainda não definiu o futuro do jogador e a jovem mantém a acusação contra o brasileiro.

Logo depois de ser liberado, Brandão afirmou que a jovem havia desistido da ação. Entretanto, de acordo com a imprensa francesa, o advogado da mulher, Olivier Grimaldi afirmou que ela se considera vítima de estupro e não irá retirar a acusação.

O futuro do brasileiro na França ainda é incerto. O presidente do clube, Jean-Claude Dassier, afirmou que o incidente pode manchar a imagem do clube e uma reunião será marcada, ainda nesta semana, para decidir que medidas serão tomadas com o atacante.

"Todos sabem que a investigação não significa que Brandão seja culpado, mas infelizmente a mídia acaba ignorando isso em várias vezes", explicou Dassier. Fora dos próximos jogos do Olympique de Marselha na temporada, diante do Rennes e do Manchester United, Brandão pode ser negociado pelo clube, mesmo com a janela de transferências fechada em grande parte da Europa. Na Rússia, o mercado segue aberto até o dia 15 de março, determinando o futebol russo como um provável destino do brasileiro.

Leia tudo sobre: futebol mundialfrançabrandão

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG