Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Brandão nega acusação de estupro e jura inocência

Atacante vai viajar ao Brasil para descansar com a família. Ele nega dispensa do Olympique de Marselha

AE |

Ídolo do Olympique de Marselha, o atacante Brandão, 30 anos, está de malas prontas para o Brasil. Vai passar alguns dias em Londrina, norte do Paraná. Diz que esse período ao lado da família será importante para "esfriar a cabeça", já que os últimos dias não foram nada fáceis para o jogador. Ele é acusado de ter violado sexualmente, na madrugada do dia 2 de março, uma garota de 23 anos dentro do seu carro depois de, embriagados, os dois terem deixado uma casa noturna. O crime teria ocorrido no acostamento de uma estrada entre Aix-en-Provence e Marselha, na França.

O nome da garota é Rachel - seu sobrenome é mantido em segredo. A justiça francesa abriu investigação e na terça-feira decretou a prisão preventiva do jogador. Ele foi detido em casa e depois encaminhado para interrogatório. Passou a noite preso e na quarta foi solto. À polícia, o jogador confirmou que teve relações sexuais com a moça, mas garantiu que não a forçou a nada. Segundo ele, tudo foi feito com o consentimento dela.

Detalhes do caso são mantidos em sigilo, mas a garota teria passado por exames médicos logo após a agressão. E eles teriam constatados hematomas em suas partes íntimas. Orientado pela advogada Patricia Clusan, o jogador evita comentar sobre a acusação, mas, em entrevista por telefone na última quinta-feira ao "Jornal da Tarde", ele afirmou ser inocente, apesar de estar bastante chateado com os acontecimentos. Segundo ele, as notícias divulgadas pela imprensa não são verdadeiras.

"Fui orientado pela minha advogada a não falar sobre isso, vamos esperar para ver o que vai acontecer, mas posso garantir que o que está sendo divulgado na imprensa a meu respeito não é verdade. Sou inocente", afirmou Brandão, que confirmou que ganhou alguns dias de folga do Olympique de Marselha durante esse período turbulento que vive.

"Acertei com o pessoal do meu clube que vou ficar alguns dias com a minha família no Brasil até as coisas acalmarem aqui na França. Não posso falar muita coisa a respeito disso, mas posso garantir que estou muito chateado com tudo que está acontecendo. Passar alguns dias com a minha família nesse momento será fundamental e importante para esfriar a cabeça", acrescentou.

Já ao ser questionado sobre a possibilidade de ser dispensado pelo Olympique por causa do episódio, Brandão garantiu estar confiante de que permanecerá no time. "Estou tranquilo com relação a isso. Ninguém veio falar comigo sobre esse assunto. Continuarei no clube".

Leia tudo sobre: Futebol MundialFrançaBrandãoOlympiqueEstupro

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG