Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Bragantino vence e aumenta desespero do Santo André

Desvantagem do Santo André para o Icasa, primeiro clube fora da zona de rebaixamento, já é de seis pontos

Gazeta Esportiva |

Vice-campeão paulista em 2010, o Santo André parece cada dia mais perto do rebaixamento na Série B do Campeonato Brasileiro. Na noite deste sábado, o Ramalhão pecou pela falta de ousadia e acabou derrotado por 3 a 1 pelo Bragantino, no estádio Nabi Abi Chedid, em Bragança Paulista.

Com quatro rodadas para o fim da competição, o Santo André soma 35 pontos e só não está na lanterna em função do saldo de gols melhor em relação ao América-RN. A desvantagem para o Icasa, primeiro clube fora da zona de rebaixamento, já é de seis pontos.

Ao Bragantino, o triunfo aumenta a tranquilidade. Dono de 46 pontos, o clube diminuiu sua preocupação com o fantasma de cair para a terceira divisão nacional.

Na próxima rodada da Série B do Campeonato Brasileiro, todas as partidas serão disputadas na terça-feira à noite. No estádio Bruno José Daniel, o Santo André enfrenta o Ipatinga. Já o Bragantino viaja até Juazeiro do Norte para enfrentar o Icasa.

O Jogo - Na base do toque de bola, o Bragantino tomou o controle das ações no início da partida. Na primeira chance, o gol não saiu por verdadeiro capricho. O veterano Finazzi cabeceou como manda o figurino, para baixo, e mandou para fora.

A velocidade de Juninho Quixadá também era uma importante opção de velocidade. Em jogadas individual, o atleta levava vantagem sobre a zaga rival, mas pecava justamente no momento da conclusão.

Ao Santo André, o setor ofensivo era extremamente limitado. O time do ABC paulista incomodou apenas em arremates de longe e parou em defesas do goleiro Gilvan.

No segundo tempo, os gols apareceram rapidamente em Bragança Paulista. Aos dez minutos, Finazzi aproveitou confusão na zaga do Santo André e mostrou seu habitual oportunismo para completar de cabeça e colocar o Bragantino na frente.

Só que a vantagem dos donos da casa não durou muito. Aos 16 minutos, Allan aproveitou cruzamento de Cicinho e, mesmo marcado por um adversário, conseguiu concluir para as redes de Gilvan.

Para retomar o controle do marcador, o Bragantino contou com a estrela do técnico Marcelo Veiga, que colocou Silas em campo. No primeiro toque do atleta na bola, saiu o gol, em um belo chute de primeira com a perna esquerda.

No fim, o Bragantino definiu a vitória. Premiado por sua boa atuação, Nêgo recebeu passe na área e acertou o ângulo esquerdo de Neneca: 3 a 1.

FICHA TÉCNICA
BRAGANTINO 3 X 1 SANTO ANDRÉ

Local:
Estádio Nabi Abi Chedid, em Bragança Paulista (SP)
Data: 6 de novembro de 2010, sábado
Horário: 21 horas (de Brasília)
Árbitro: Antonio Rogerio Batista do Prado (SP)
Assistentes: Dante Mesquita Júnior e Luiz Quirino da Costa (ambos do SP)
Cartões amarelos: Allan (Santo André). Luciano Sorriso, Diego e Éder Silva (Bragantino).
Gols:
BRAGANTINO: Finazzi, aos dez, Silas, aos 24, e Nêgo, aos 40 minutos do segundo tempo
SANTO ANDRÉ: Allan, aos 16 minutos do segundo tempo

BRAGANTINO: Gilvan; Júnior Lopes, Marcos Aurélio e André Astorga; Nêgo, Luciano Sorriso (Diego), Éder Silva, Rodriguinho e Éder (Silas); Juninho Quixadá e Finazzi (Marcelinho)
Técnico: Marcelo Veiga

SANTO ANDRÉ: Neneca; Cicinho, Douglas, Toninho e Andrezinho (Altair); Wendel (Borebi), Walker, Allan e Aloísio; Rychely e Fábio Luis (Sandro Hiroshi).
Técnico: Jair Picerni

Leia tudo sobre: bragantinosanto andrésérie b

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG