Problemas com trânsito e aeroporto trouxeram dificuldades para o time paulista chegar na cidade do jogo

A viagem do Bragantino para a cidade de Criciúma, onde enfrenta o time da casa nesta terça-feira, durou mais de dez horas. A equipe saiu de Bragança Paulista no domingo, às 11h30, e chegou à cidade de Santa Catarina apenas às 22h40.

A demora foi resultado de dois grandes imprevistos. O primeiro, enfrentado logo na saída de Bragança Paulista, quando o ônibus do time sofreu com o congestionamento ocasionado pelo retorno à capital das pessoas que passaram o feriado prolongado no interior.

O vôo de Cumbica a Florianópolis durou duas horas e o segundo imprevisto aconteceu já em solo catarinense: devido à fuga de presos de um presídio da cidade, as saídas da ilha estavam interditadas. Por isso, o percurso que duraria 15 minutos em dias normais, durou 1h40 para os alvinegros.

O técnico Marcelo Veiga comandará os últimos treinamentos da equipe nesta segunda-feira. A partida entre Bragantino e Criciúma, válida pela oitava rodada da Série B do Campeonato Brasileiro, acontece às 21h50 desta terça-feira, no estádio Heriberto Hülse.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.