Portuguesa foi aos 50 pontos e ficou com quatro de vantagem para a vice-líder Ponte Preta, que venceu na rodada

Animada pela possibilidade de o Bragantino entrar no G4 do Campeonato Brasileiro da Série B, a torcida da equipe do interior paulista esgotou os cerca de 12 mil ingressos à sua disposição e encheu o Estádio Nabi Abi Chedid na tarde deste sábado, na partida contra a líder  Portuguesa . No primeiro tempo, Marco Antônio marcou para os visitantes e desanimou o time da casa. Na etapa final, o Massa Bruta foi premiado pela insistência e chegou ao empate com Lincom, que decretou o 1 a 1 no placar. 

Com o resultado a Portuguesa foi aos 50 pontos e ficou com quatro de vantagem para a vice-líder Ponte Preta, que derrotou o Duque de Caxias. Já o Bragantino atingiu os 40 pontos e se manteve na sexta colocação, agora a três pontos do G-4. 

Na próxima terça-feira, às 20h30 (de Brasília), as duas equipes voltam a campo pela 26ª rodada da Série B. Em São Paulo, a Portuguesa encara o Goiás, enquanto o Bragantino vai a Araraquara para encarar o Guarani.

O jogo

A partida começou truncada, com a Portuguesa conseguindo amenizar o ímpeto inicial do time da casa. Aos poucos, porém, o Bragantino foi conseguindo criar suas chances de gol. A primeira delas ocorreu em linda jogada individual de Romarinho, que arrancou da intermediária, driblou dois defensores, entrou na área da Lusa e só foi parado pelo goleiro Weverton, que interceptou a bola e vibrou muito pela defesa.

A Portuguesa também tinha espaço para sair para o jogo, mas resumia os seus ataques às bolas paradas de Marco Antônio. Já o Bragantino continuou buscando a abertura do placar e quase marcou com o zagueiro Astorga, de cabeça.

Ivo, da Portuguesa, disputa lance com jogador do Bragantino
AE
Ivo, da Portuguesa, disputa lance com jogador do Bragantino

Aos 40 minutos, em uma jogada de seus dois principais jogadores, a Portuguesa abriu o placar. Em arrancada em direção ao gol, Marco Antônio tocou para Edno e recebeu na medida na entrada da área para bater no canto do goleiro Gilvan e colocar a Lusa em vantagem.

Até o fim do primeiro tempo o Bragantino teve duas chances para buscar o empate, uma com Romarinho e outra com Astorga, mas falhou nas finalizações e foi para os vestiários com um resultado indesejado.

Na volta para a segunda etapa o Bragantino continuou pressionando em busca do gol e obteve sucesso aos 13 minutos, quando Marcinho cobrou falta para a área e o atacante Lincom cabeceou sem chance de defesa para o goleiro Weverton.

Após o empate o nível da partida caiu e as duas equipes priorizaram a marcação. Assim, o resultado, que foi melhor para os visitantes, permaneceu inalterado até o apito final.

FICHA TÉCNICA - BRAGANTINO 1 X 1 PORTUGUESA

Local: Estádio Nabi Abi Chedid, em Bragança Paulista (SP)
Data: 24 de setembro de 2011, sábado
Horário: 16h20 (de Brasília)
Árbitro: Wilson Luiz Seneme (Fifa-SP)
Assistentes: Emerson Augusto de Carvalho e Márcio Luiz Augusto (ambos de SP)
Cartões amarelos: Mineiro e Felipe (Bragantino); Boquita e Cleiton (Portuguesa)

Gols:
BRAGANTINO: Lincom, aos 13 minutos do segundo tempo
PORTUGUESA: Marco Antônio, aos 40 minutos do primeiro tempo

PORTUGUESA: Weverton; Luis Ricardo, Rogério, Mateus e Marcelo Cordeiro; Guilherme, Boquita (Leandro Silva), Marco Antônio e Henrique (Cleiton); Ivo (Junior Timbó) e Edno
Técnico: Jorginho

BRAGANTINO: Gilvan; Felipe, Luís Henrique e Astorga; Diego Macedo (Otacílio Neto), Mineiro, Éder Silva, Romarinho (Esley) e Marcinho; Léo Jaime e Lincom
Técnico: Marcelo Veiga

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.