Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Bottinelli defende Messi e pede mais atenção com o Brasileirão

Argentino do Fla acredita que Montillo, do Cruzeiro, poderia estar entre os convocados para a Copa América

Thales Soares, iG Rio de Janeiro |

Vipcomm
Bottinelli e Ronaldinho Gaúcho comemoram o gol da vitória sobre o São Paulo
Com moral no Flamengo depois de marcar o gol da vitória por 1 a 0 sobre o São Paulo, quarta-feira, pela oitava rodada do Campeonato Brasileiro, o argentino Bottinelli saiu em defesa do compatriota Messi, melhor jogador do mundo, que não teve boas atuações na Copa América. A Argentina empatou seus dois primeiros jogos, com Bolívia (1 a 1) e Colômbia (0 a 0), e ficou em situação delicada na competição.

iG Flamengo no Twitter: saiba tudo sobre seu time

“Ele não é o único jogador que vai para o campo. O problema é que toda a pressão está em cima. Na verdade, a seleção argentina não está jogando o seu melhor, não está demonstrando a qualidade de seus jogadores”, afirmou Bottinelli.

Entre para a Torcida Virtual do seu time e convide seus amigos

Na torcida pela classificação de seu país para as quartas de final da Copa América, que é disputada na Argentina, Bottinelli encontra espaço na seleção para Montillo, do Cruzeiro, artilheiro do Campeonato Brasileiro, com seis gols. Para ele, falta aos responsáveis pela equipe um olhar mais atento para o Brasil.

“Eles deveriam observar outras ligas importantes. Na seleção brasileira, tem seis ou sete jogadores que jogam no Brasil, não há só jogadores que atuam na Europa. Outros podem ter a sua oportunidade. O Montillo está jogando muito e não há um jogador como ele na seleção argentina”, comentou Bottinelli.

Depois de disputar campeonatos na Argentina, no México e no Chile, o argentino vem gostando da nova experiência. Para ele, o Campeonato Brasileiro não deixa a desejar em relação aos principais campeonatos europeus.

“O nível aqui é muito difícil. Há 15 times de primeira linha. Essa é uma competição muito importante e poderia rivalizar tranquilamente com Itália e Espanha. O Brasil é uma potência no futebol e não há tantas partidas difíceis como aqui”, afirmou Bottinelli, confiante na boa exibição do Flamengo no restante da competição.

Depois da vitória sobre o São Paulo, o Flamengo assumiu a vice-liderança do Campeonato Brasileiro, com 16 pontos, três a menos do que o Corinthians. O próximo jogo é o clássico com o Fluminense, domingo, no Engenhão.
 

Leia tudo sobre: FlamengoBrasileirão 2011copa américa 2011

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG