Tamanho do texto

Lateral Lucas, que teria cometido o pênalti para o Avaí, disse que árbitro cedeu à pressão da torcida

A eliminação da Copa do Brasil, deixou os jogadores do Botafogo revoltados com a arbitragem de Ricardo Marques Ribeiro. A equipe carioca vencia o Avaí até os 42 minutos, quando o time da casa teve um pênalti polêmico marcado a seu favor . Lucas e Estrada trombaram dentro da área e o juiz marcou a falta, permitindo que o Avaí empatasse a partida e eliminasse o Botafogo.

Siga o iG Botafogo no Twitter e receba todas as informações do seu time em tempo real

O próprio Lucas mostrou toda indignação com o pênalti marcado contra o Botafogo. "É uma brincadeira o que fizeram com a gente hoje. Eu nem encostei nele, não existiu pênalti nenhum. Ele cedeu à pressão da torcida do Avaí e prejudicou nossa equipe", declarou o lateral-direito do Botafogo.

Quem também questionou a marcação de Ricardo Ribeiro foi o volante Marcelo Mattos. Para o jogador do Botafogo, a equipe já havia sido prejudicada na primeira partida, no estádio Engenhão. "A arbitragem já começou a minar a gente no jogo do Rio. Agora, aqui, acontece isso e estamos fora da Copa do Brasil", acusou o volante Marcelo Mattos.

Fora do Campeonato Carioca e da Copa do Brasil, o Botafogo terá uma partida contra o Boavista, no próximo sábado, pela Taça Carlos Alberto Torres, disputada entre os 3º e 4º colocados dos dois grupos da Taça Rio. Depois, a equipe só voltará a jogar no dia 22 de maio, pela estreia do Campeonato Brasileiro, contra o Palmeiras.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.