Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Botafogo vence, elimina Paraná na Copa do Brasil e supera trauma

Nome da partida foi o atacante Loco Abreu, que marcou duas vezes na vitória por 3 a 0 sobre o Paraná

Renan Rodrigues, iG Rio de Janeiro |

O torcedor do Botafogo pode respirar aliviado. Depois de ser eliminado na segunda fase da Copa do Brasil nos dois últimos anos, a equipe carioca acabou com o retrospecto negativo e eliminou o Paraná, na noite desta quarta-feira, no estádio Engenhão, ao vencer o time curitibano por 3 a 0. Como também havia vencido na partida de ida, por 2 a 1, o Botafogo se garante nas oitavas de final do torneio nacional e agora enfrenta o Avaí, ainda sem data definida.

A vitória começou a ser construída no primeiro tempo, com gol do uruguaio Loco Abreu, que também marcou mais uma vez na segunda etapa. No final da partida, o atacante Caio sofreu um pênalti e cobrou, fechando o placar. Apesar de não ter marcado, a noite também foi do argentino Herrera, que deu duas  boas assistências e saiu de campo muito aplaudido.

Agora o Botafogo volta a se concentrar no Campeonato Carioca. Na segunda colocação do grupo B, o time comandado por Caio Júnior faz o clássico contra o Flamengo no próximo domingo, às 18h30, no estádio Engenhão. O Paraná também volta a se concentrar no estadual e visita o Operário no sábado, tentando deixar a zona de rebaixamento da competição.

AE
Loco Abreu marcou dois gols para o Botafogo na vitória sobre o Paraná

O Jogo
O Botafogo entrou em campo com três mudanças em relação ao jogo da última quarta-feira, em Curitiba. Rodrigo Mancha e Márcio Rosário foram barrados pelo técnico Caio Júnior, que resolveu dar uma chance para Arévalo e João Filipe. O volante Somália, suspenso, deu lugar a Bruno Tiago.

E o discurso feito pelo técnico Caio Júnior durante a semana foi cumprido. O Botafogo começou pressionando o Paraná, sem tentar segurar a vantagem conquistada na primeira partida. Com as descidas do lateral Márcio Azevedo e do meia Everton pela esquerda, e as jogadas de Herrera pela direita, o time carioca tentava tirar o Paraná da sua defesa.

E logo aos 10 minutos, o Botafogo perdeu uma chance incrível para abrir o placar. Numa bela jogada ensaiada, Loco Abreu cobrou falta da direita, Antônio Carlos escorou para a área e Herrera, na cara do gol chutou por cima, levando o torcedor ao desespero. O Paraná também buscava o ataque, principalmente pela esquerda, com o meia Diego. Porém, o time visitante pecava no passe final e não conseguia chegar ao gol de Jefferson com perigo.

Aos 27 minutos do primeiro tempo, nova chance para o Botafogo. Márcio Azevedo recebeu na esquerda, ganhou na dividida do lateral Henrique e deu ótimo passe para Everton, que invadiu a área pela esquerda e chutou, para boa defesa do goleiro Thiago Rodrigues. Na sequência da jogada, no escanteio cobrado por Alessandro, o zagueiro João Filipe deu um 'mini voleio', fazendo a bola passar perto da trave direita do gol do Paraná.

Com mais posse de bola e criando mais oportunidades, o Botafogo conseguiu chegar ao gol antes do vestiário. Aos 30 minutos, Marcelo Mattos deu lançamento para Herrera na direita. O argentino acreditou na jogada, cruzou para trás e Loco Abreu cabeceou no chão, sem chances para a o goleiro Thiago Rodrigues.

Dois minutos depois, o Paraná conseguiu responder com perigo pela primeira vez. O Botafogo errou um passe no meio-campo e Douglas Packer puxou o contra-ataque. O meia tocou para Diego, que na esquerda, soltou a bomba e exigiu boa defesa do goleiro Jefferson. Nos minutos finais, o Botafogo passou a esperar o Paraná no campo de defesa e conseguiu levar a vantagem de um gol para o intervalo.

Mesmo vencendo, o técnico Caio Júnior mudou a equipe, trocando o volante Bruno Tiago para a entrada do lateral-direito Lucas, improvisado no meio-campo. Porém, quem teve a primeira oportunidade de marcar foi o Paraná. Aos oito minutos, Diego fez bela jogada pela direita e cruzou rasteiro para a área. O atacante Léo se antecipou aos zagueiros e pegou de primeira, mas Jefferson fez uma grande defesa, evitando o empate.

A resposta do Botafogo, porém, foi fatal. Um minuto depois, aos nove minutos do segundo tempo, Everton carregou pelo meio e deu lindo passe por cobertura para o atacante Herrera, que invadiu a área e tocou para Loco Abreu, que sem goleiro, só teve o trabalho de empurrar para as redes. Segundo gol do uruguaio na partida. Pouco depois do gol, Loco Abreu sentiu uma dor na coxa e pediu para ser substituído, dando lugar ao atacante Caio.

Aos 22 minutos, Herrera voltou a ser um ótimo 'garçom' para seus companheiros. Alessandro lançou o argentino nas costas da defesa, Herrera invadiu a área e rolou para Everton, que sem goleiro, pegou mal na bola e chutou no travessão, perdendo um gol inacreditável. O argentino também foi poupado pelo técnico Caio Júnior e deixou o gramado bastante aplaudido pelas assistências.

No final, ainda deu tempo para Caio arrancar, entrar na área e sofrer um pênalti. Ele mesmo cobrou e deu números finais a vitória do Botafogo, que superou o trauma de ser eliminado na Copa do Brasil e deixou o campo bastante aplaudido pela torcida. 

FICHA TÉCNICA - BOTAFOGO-RJ 3 X 0 PARANÁ-PR

Local: Estádio Olímpico João Havelange, o Engenhão, no Rio de Janeiro (RJ)
Data: 6 de abril de 2011 (Quarta-feira)
Horário: 19h30(de Brasília)
Público: 6.014
Renda: R$ 75.645
Árbitro: Cléber Wellington Abade (SP)
Assistentes: Vicente Neto (SP) e João Nobre (SP)
Cartões amarelos: Serginho (Paraná)

GOLS
Botafogo - Loco Abreu, aos 30 minutos do primeiro tempo e aos nove minutos do segundo tempo; Caio, aos 43 minutos do segundo tempo

BOTAFOGO: Jefferson; Alessandro, João Filipe, Antônio Carlos e Márcio Azevedo; Marcelo Mattos, Arévalo, Bruno Tiago (Lucas) e Everton; Herrera (Willian) e Loco Abreu (Caio)
Técnico: Caio Junior

PARANÁ: Thiago Rodrigues; Paulo Henrique, Luciano Castán, Rodrigo Defendi e Lima; Javier Mendez (Taianã), Serginho e Douglas Packer (Vinícius); Diego, Kelvin e Léo (Renato)
Técnico: Ricardo Pinto

Leia tudo sobre: botafogoparanácopa do brasil 2011

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG