Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Botafogo vence Corinthians, que pode deixar a ponta do Brasileiro

Com Adriano por 30 minutos, paulistas foram derrotados em casa e correm risco de serem ultrapassados pelo Vasco

Paulo Passos, iG São Paulo |

null

 

O Corinthians dominou a partida no segundo tempo. Adriano jogou meia hora. Nada disso, porém, foi suficiente para os corintianos comemorarem. O ainda líder do Campeonato Brasileiro – pode deixar o posto nesta rodada- viu um competente Botafogo definir o duelo desta quarta-feira em pouco mais de 30 minutos e vencer por 2 a 0 em pleno Pacaembu.

Leia também: Corinthians e Botafogo estão no G4 do Brasileirão. Veja a tabela


Com a vitória, os cariocas conseguiram diminuir para dois pontos a diferença para o líder Corinthians. Os paulistas, além de verem o rival encostar na tabela, correm o risco de serem ultrapassados pelo Vasco da Gama, que enfrenta o Atlético-PR nesta quinta-feira.

Uma vitória coloca os vascaínos na ponta da classificação. Empate ou derrota deixam o Corinthians na liderança.

Veja também: Andrés Sanchez critica postura do Palmeiras após agressão

A derrota corintiana desta quarta foi definida em pouco mais de 30 minutos. Aos 11, com Loco Abreu, e aos 33 do primeiro tempo, com Maicossuel, os botafoguenses marcaram no Pacaembu ante um adversário que não conseguia esboçar reação.

No segundo tempo o Corinthians até melhorou, dominou a partida e teve Adriano por 30 minutos em campo. Fora de forma, o atacante pouco fez.

Na próxima rodada, o Corinthians vai a Minas Gerais enfrentar o Cruzeiro no domingo. No mesmo dia, o Botafogo pega o Atlético-PR no Rio de Janeiro.

Entre para a torcida virtual de Corinthians ou Botafogo e ajude sua equipe



O jogo
O estádio estava cheio com mais de 34 mil corintianos. O clima era de animação, já que o time era líder do Campeonato Brasileiro. Mas quem fez a festa foi o convidado Botafogo.

O time do Rio se sentiu em casa e começou o jogo melhor. Já aos 11 minutos abriu o placar. Loco Abreu recebeu cruzamento na área e, sem marcação, tocou para o gol.

Com o placar favorável, o Botafogo dominava a partida. No meio-campo, os cariocas tinham vantagem em quase todas as jogadas e impediam os avanços corintianos. Além disso, os botafoguenses criavam chances de gol nos contra-ataques.

Foi assim aos 33 minutos de jogo quando Maicossuel ampliou o placar. Ele recebeu passe de Felipe Menezes, cortou para o meio e, da entrada da área, chutou para marcar o gol. A desvantagem desestabilizou ainda mais os corintianos que pouco criavam.

No segundo tempo o Corinthians até começou melhor. Tite conseguiu ver o seu time mais avançado, deixando o Botafogo encolhido no campo de defesa. A melhora no desempenho na comparação com o primeiro não resultava em gols.

No desespero, Tite resolveu colocar Adriano em campo, aos 18 minutos do segundo tempo. O técnico sacou o volante Moradei e recuou Alex para o meio campo.

Na área, Adriano era o alvo dos cruzamentos corintianos. Por quatro vezes a bola chegou no atacante, que não conseguiu marcar. "Estou aqui para ajudar. Infelizmente não foi possível", lamentou o "Imperador" após o jogo. A vitória botafoguense já estava definida.

FICHA TÉCNICA
CORINTHIANS 0 X 2 BOTAFOGO
Local:
Estádio do Pacaembu, em São Paulo (SP)
Data: 12 de outubro de 2011 (quarta-feira)
Horário: 21h50 (de Brasília)
Árbitro: Elmo Alves Resende Cunha (GO)
Assistentes: Erich Bandeira (Fifa-PE) e Alessandro Rocha de Matos (Fifa-BA)
Cartões amarelos: Jorge Henrique (Corinthians); Cortês e Alessandro (Botafogo)
Cartão vermelho: Cortês (Botafogo)
Gols: Loco Abreu, aos 11, e Maicosuel, aos 33 minutos do primeiro tempo
Público: 32.450 pagantes (34.593 total)
Renda: R$ 1.097.396,50
CORINTHIANS: Julio Cesar; Alessandro (Ramírez), Paulo André, Leandro Castán e Fábio Santos (Welder); Moradei (Adriano), Paulinho, Danilo e Alex; Willian e Jorge Henrique
Técnico: Tite
BOTAFOGO: Renan; Alessandro, Antônio Carlos, Fábio Ferreira e Cortês; Marcelo Mattos, Renato, Elkeson (Herrera) e Maicosuel (Bruno Tiago); Felipe Menezes (Gustavo) e Loco Abreu
Técnico: Caio Junior

Leia tudo sobre: CorinthiansBotafogoBrasileirão 2011

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG