Caio e Loco Abreu estão no departamento médico do Botafogo, enquanto Herrera terá que cumprir suspensão por cartão

Passada a derrota de 1 a 0 para o Internacional , o Botafogo começa a pensar no duelo do próximo sábado, às 18 horas (de Brasília), diante do Atlético-MG no Engenhão, pela 18ª rodada do Campeonato Brasileiro. Para este compromisso o técnico Caio Junior vai enfrentar sérios problemas para compor o ataque. O treinador continuará sem poder escalar o artilheiro uruguaio Loco Abreu , que se recupera de um estiramento no ligamento colateral medial do joelho direito. Para piorar ainda mais o quadro, o argentino Herrera , o outro titular do setor, foi advertido com o terceiro cartão amarelo diante do Inter e terá que cumprir suspensão.

"Não temos tempo para ficar lamentando desfalques, maus resultados ou o que for que seja. Temos é que nos alimentar bem, trabalhar no pouco tempo disponível e ir a campo no sábado para mais um confronto desgastante", disse Caio Junior.

Siga o iG Botafogo no Twitter e receba todas as informações do seu time em tempo real

Para este compromisso Caio Junior ainda não sabe quem escalar no ataque do Botafogo. Isso porque Caio , que seria uma opção, também está entregue ao departamento médico se recuperando de uma entorse no tornozelo direito. Assim, ele tem apenas Alexandre Oliveira, que ainda não conseguiu render o esperado com a camisa do clube, e Alex como opções.

Uma alternativa é escalar apenas Alex no setor, uma vez que o meia Elkeson volta após cumprir suspensão. Neste cenário, Felipe Menezes, que naturalmente seria barrado, ganharia nova oportunidade, formando trio de meias com Maicosuel e com o próprio Elkeson.

Entre para a Torcida Virtual do Botafogo e convide seus amigos

"Temos que estudar e ver a melhor opção. Não falo apenas de questão tática ou técnica e também de analisar quem está mais cansado. Por exemplo, o Maicosuel vem sentindo muitos os jogos e em algum momento terei que preservá-lo, pois é um atleta que vem de lesão", disse Caio, dando a entender que pensou em preservar o Mago no duelo contra o Galo mineiro.

Uma mudança que deverá acontecer no time para torná-lo mais ofensivo contra o Atlético será a entrada do lateral direito Lucas na vaga de Alessandro. Nos jogos no Engenhão o primeiro atua, enquanto que o segundo, que joga mais preso na marcação, acaba sendo o favorito longe do Rio de Janeiro.

Pelo cenário atual e com a dúvida no ataque, o esboço de time para encarar o Atlético é o seguinte: Jéfferson, Lucas, Antônio Carlos, Fábio Ferreira e Cortês; Marcelo Mattos, Renato, Elkeson e Maicosuel; Alexandre Oliveira (Felipe Menezes) e Alex. O elenco participou de um trabalho regenerativo nesta quinta-feira, mas a definição da equipe acontecerá apenas no trabalho tático desta sexta-feira.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.