Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Botafogo terá muitas mudanças para confronto pela Sul-Americana

Além de Elkeson, Jefferson e Cortês, que estão na seleção, Caio Júnior deve poupar outros jogadores

Renan Rodrigues, iG Rio de Janeiro |

Um Botafogo muito diferente do habitual, ao menos na escalação. É exatamente isso que o torcedor da equipe carioca deve esperar na partida contra o Santa Fé, nesta quinta-feira, às 21h30, no estádio Engenhão, pela partida de ida das oitavas de final da Copa Sul-Americana. São três desfalques já confirmados: o goleiro Jefferson, o lateral-esquerdo Cortês e o meia Elkeson, todos com a seleção brasileira, que disputa um amistoso contra a Argentina nesta quarta.

Siga o iG Botafogo no Twitter e receba todas as informações do seu time em tempo real

Porém, além da ausência do trio convocado pelo técnico Mano Menezes, outros jogadores considerados titulares devem receber um descanso do técnico Caio Júnior. Preocupado com o desgaste dos seus jogadores e pensando na partida do Campeonato Brasileiro contra o Atlético-GO, fora de casa, no próximo domingo, o treinador poupará um zagueiro, provavelmente Fábio Ferreira, além de Maicosuel e Renato.

Entre para a Torcida Virtual do Botafogo e convide seus amigos

A atividade desta quarta-feira, em General Severiano, deve decidir a equipe titular para o confronto contra o Santa Fé. A provável formação tem Renan, Lucas, Gustavo Antônio Carlos e Márcio Azevedo (Everton); Lucas Zen, Marcelo Mattos, Caio, Felipe Menezes e Herrera; Loco Abreu. Vale lembrar que Caio Júnior não poderá contar com os jovens Cidinho e Willian, que não estão inscritos na lista da Copa Sul-Americana.

Deixe o seu recado e comente a notícia com outros torcedores

Para o meia Felipe Menezes, os jogadores devem tentar minimizar a falta de entrosamento com conversa dentro de campo, dicas sobre os pontos fortes e fracos do adversário e raça. “Vamos tentar aproveitar o treinamento de amanhã, conversar dentro de campo e estudar bem o time deles para estar diminuindo essa dificuldade. Claro que o ideal seria ter jogos, mas isso não temos, então é tentar conversar para diminuir isso”, declarou o jogador, que substituirá Elkeson.

Leia mais sobre a Copa Sul-Americana

Apesar da possibilidade de entrar em campo com uma equipe 'mista', o zagueiro Gustavo não acredita que o Botafogo esteja desvalorizando o torneio internacional e aponta a qualidade do elenco como motivo para as trocas.

“É um torneio de tiro curto, uma competição interessante porque conseguindo o título, que o clube não tem, também existe um caminho mais curto para a Copa Libertadores. Com um grupo de qualidade como do Botafogo, temos que brigar na Sul-Americana e no Brasileirão. O grupo está fechado e unido em busca dos dois objetivos”, disse Gustavo.

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG