Tamanho do texto

Sem Loco Abreu e Herrera, time carioca busca vitória contra o Atlético-MG, que não vence há cinco jogos

Para diminuir a distância do líder Corinthians , continuar próximo do G-4 e tentar se recuperar da derrota para o Inter na última rodada do Campeonato Brasileiro , o Botafogo recebe o Atlético-MG , neste sábado, às 18h, no estádio Engenhão. Na quinta colocação, com 28 pontos, o time carioca tenta aproveitar a má fase do adversário, 18º colocado, com 15 pontos, que vem de três derrotas seguidas no torneio e busca um resultado positivo para deixar a zona de rebaixamento.

Siga o iG Botafogo no Twitter e receba todas as informações do seu time em tempo real

Além do Atlético-MG não atravessar um bom momento, a equipe mineira ainda sofre com um retrospecto nada positivo contra o Botafogo. Nos últimos quatro confrontos entre as equipes, foram três vitórias do time carioca e um empate. Em 2011, pela Copa Sul-Americana , mais uma vitória do Botafogo, que venceu por 2 a 1 . Porém, para o técnico Caio Júnior , as vitórias passadas não significam nada e é preciso respeitar o adversário deste sábado.

Siga o iG Atlético-MG no Twitter e receba todas as informações do seu time em tempo real

"Nunca uso tabu e retrospecto para motivar os jogadores. Acho que a gente deve acreditar em números, tem que ser da realidade, do desempenho nas últimas partidas, da evolução de estatísticas de jogo. Se ganhou ou não ganhou, ficou para trás. Os jogadores devem entrar em campo convictos da questão tática que é o mais importante", declarou o treinador do Botafogo.

Entre para a Torcida Virtual do Botafogo e convide seus amigos

Quem também pede atenção contra o Atlético-MG é o meia Elkeson, que volta ao time após cumprir suspensão. O jogador usa como exemplo a partida contra o América-MG, no último sábado, quando o adversário chegou a abrir 2 a 0 no primeiro tempo, antes de terminar derrotado por 4 a 2.

"O jogo contra o América-MG é um exemplo para nossa equipe. Eles estavam na útlima colocação, vacilamos e tomamos dois gols de cara. Precisamos ficar atentos e não voltarmos a bobear para não sermos surpreendidos. O Atlético-MG também vem mal, mas é time grande, chegou novo treinador e vai querer nos complicar", disse Elkeson.

Cuca ainda busca primeira vitória no Atlético-MG
Flickr/Clube Atlético Mineiro
Cuca ainda busca primeira vitória no Atlético-MG
Para a partida contra o Atlético-MG, Caio Júnior não terá o atacante Herrera, que recebeu o terceiro cartão amarelo contra o Inter. Loco Abreu também continua fora do time por lesão no ligamento do joelho. Assim, Alex deve ser o único atacante na equipe, sendo municiado por Maicosuel, Felipe Menezes e Elkeson, que volta ao time titular após cumprir suspensão automática. Na lateral-direita, Lucas ganha a vaga de Alessandro.

A situação do Atlético-MG no Campeonato Brasileiro não está nada fácil. Com apenas 15 pontos em 17 partidas, o time mineiro está dentro da zona de rebaixamento e além de ter pela frente seu maior algoz nos últimos anos, atuará no Engenhão, estádio onde o Atlético-MG disputou sete partidas e foi derrotado em todas.

Com o comprometimento de tirar o time dos últimos lugares, o atacante Guilherme ressalta o primeiro tempo do time atleticano na partida contra o Corinthians, na última quarta-feira. Para o camisa 9 do Atlético-MG, somente com muita vontade que a equipe vai conseguir melhorar na competção.

“É importante frisar que todo mundo está tentando fazer o melhor. Não tem ninguém de sacanagem, de corpo mole. Isso ficou nítido na partida. Lógico que em alguns momentos, o emocional existe, até porque a situação é desconfortável, mas temos time para reverter isso”, disse Guilherme.

Revelado pelo Atlético-MG e grande esperança da torcida para a reação do time, o jovem meia Bernard ressalta o tamanho da torcida para que o time consiga mudar a situação no Brasileirão, que é ruim, mas ainda faltam muitos jogos até o final da competição. “Todo mundo sabe da grandeza do Atlético, da torcida que tem aqui. O comprometimento é enorme em relação a isso. Não tem o que falar. É trabalhar. Só nós jogadores podemos mudar essa situação”, declarou o meia.

Contratado pelo Atlético-MG para o lugar de Dorival Júnior, Cuca ainda não conseguiu vencer com o novo clube. São três derrotas em três jogos, um deles contra o próprio Botafogo, pela Copa Sul-Americana. Para a sua quarta partida no comando do time atleticano, o treinador vai ter a quarta formação diferente. Já foram usados três esquemas diferente e deve ser assim neste sábado, mas Cuca não adiantou a escalação.

“Já tenho o time, mas não passei, até para ganhar um dia a mais de treinamento. Já tenho o time e tem novidades”, disse Cuca.

FICHA TÉCNICA - BOTAFOGO X ATLÉTICO-MG

Local : estádio João Havelange, o 'Engenhão', Rio de Janeiro (RJ)
Data : 20/08/2011 (sábado)
Hora : 18h (de Brasília)
Árbitro : Wilton Pereira Sampaio (DF)
Auxiliares : Marrubson Melo Freitas (DF) e Carlos Emanuel Manzolillo (DF)

BOTAFOGO : Jefferson, Lucas, Antônio Carlos, Fábio Ferreira e Cortês; Marcelo Mattos, Renato, Felipe Menezes, Maicosuel e Elkeson; Alex.
Técnico : Caio Junior.

ATLÉTICO-MG : Renan Ribeiro, Leonardo Silva, Lima e Werley; Serginho, Fillipe Soutto, Dudu Cearense, Bernard e Richarlyson; Guilherme e André.
Técnico : Cuca.