Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Botafogo teme que violência afaste torcida do Engenhão

Time conta com apoio maciço do torcedor para alcançar o objetivo de acabar no G4 do Brasileirão

Agência Estado |

 

O Botafogo tem compromisso decisivo neste domingo contra o Prudente, no Engenhão. Uma vitória colocará o clube em posição de brigar por uma vaga na Libertadores contra o Grêmio, na última rodada.

Mas todos no clube estão preocupados. Não pela força do oponente, já rebaixado para a Série B, mas pela onda de violência que assola o Rio de Janeiro. O temor de jogadores e dirigentes é que o medo afaste a torcida do estádio, justamente quando o time conta com seu apoio para alcançar o objetivo.

"Lógico que os episódios geram impacto na população, que se sente insegura. Mas até domingo muitas coisas vão acontecer em relação a isso. Tenho confiança no poder público e acredito que a torcida terá todas as condições de comparecer ao estádio para assistir à partida com tranquilidade", disse o presidente botafoguense, Maurício Assumpção.

Ciente de que apenas a vitória interessa, o técnico Joel Santana prepara uma formação ofensiva para a partida. Ele deve escalar Edno, Caio e Loco Abreu juntos, com os dois primeiros se revezando na tarefa de fechar o lado esquerdo do meio de campo. "Tenho certeza que vai dar certo, pois o Botafogo está necessitando atacar. O Prudente está rebaixado e precisamos da vitória", disse Caio.

Leia tudo sobre: botafogocampeonato brasileiro

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG