Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Botafogo segue longe de acerto com Rojas e Túlio Tanaka

Universidad de Chile não aceita forma de pagamento oferecida pelo lateral-esquerdo. Já time japonês não pretende liberar zagueiro

Gazeta |

O Botafogo ainda não conseguiu fechar a negociação com o lateral-esquerdo chileno Rojas. A Universidad de Chile, clube detentor dos direitos do atletas, não aceitou a forma de pagamento oferecida pelo time carioca e o caso agora começa a ganhar contornos de novela.

Para ter o chileno, o Botafogo estaria disposto a pagar o valor da multa rescisória do atleta, avaliada em cerca de dois milhões de reais. O que emperra o acerto, porém, é o número de parcelas em que o valor será quitado. A La U aceitaria o pagamento em, no máximo, duas parcelas, ideia não aceita pelos cariocas.

Apesar da negativa por parte dos chilenos, o Botafogo não pensa em desistir de Rojas, isso porque já tem tudo acertado com o jogador de 28 anos. Para trazer o atleta, o Botafogo propôs um salário três vezes maior do que ele ganha na Universidad.

Enquanto o clube não fecha com Rojas, outra novela parece que também não terminará cedo. O brasileiro naturalizado japonês, Túlio Tanaka, desejo do técnico Oswaldo de Oliveira, segue nos planos do Botafogo, mas o Nagoya Grampus, atual equipe do jogador, não pretende liberá-lo.

Leia tudo sobre: botafogotúlio tanakarojasuniversidade de chile

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG